Análise Textual Discursiva: um relato sobre um minicurso de reconhecimento de possibilidades do software GeoGebra

Ricardo Augusto de Oliveira, William Vieira Gonçalves

Resumo


O presente trabalho aponta para a realização de um Minicurso de GeoGebra que analisamos por meio de uma pesquisa qualitativa com a adoção da análise textual discursiva sobre algumas impressões que uma participante (professora de matemática) traz a respeito das possíveis formas de construção de significados em matemática quando na utilização do software GeoGebra como dispositivo de ensino e estudo, e apontamos como principal resultado a percepção de que a construção, manipulação e visualização de diferentes representações de um mesmo objeto matemático e de diferentes conceitos matemáticos que se complementam é uma importante contribuição que o uso deste software disponibiliza.

Palavras-chave


GeoGebra. Ensino. Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


Abbagnano, N. (1968). Dicionário de filosofia. (2nd ed; M. Jou, Red). São Paulo.

Alves, F. R. (2016). Análises preliminares e análises a posteriores para a noção de integrais dependentes de parâmetros. VIDYA, 36(1), 111–133. https://www.periodicos.unifra.br/index.php/VIDYA/article/view/592

Arango, J., Gaviria, D., & Valencia, A. (2015). Differential Calculus Teaching through Virtual Learning Objects in the Field of Management Sciences. Procedia - Social and Behavioral Sciences, 176, 412–418. https://doi.org/10.1016/J.SBSPRO.2015.01.490

Bicudo, M. A. V. (2017). Pesquisa quantitativa e pesquisa qualitativa segundo a abordagem fenomenológica. (5th ed; Autêntica, Red). Belo Horizonte: IN Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática/organizado por Marcelo de Carvalho Borba e Jussara de Loiola Araújo; autores Dario Fiorentini, Antonio Vicente Marafioti Garnica, Maria Aparecida Viggiani Bicudo. –.

Dantas, S. C. (2016). Design, implementação e estudo de uma rede sócio profissional online de professores de Matemática (Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista, INstituto de Geociências e Ciências Exatas). Opgehaal van https://repositorio.unesp.br/handle/11449/136324

Gonçalves, D. C., & Reis, F. da S. (2013). Atividades investigativas de aplicações das derivadas utilizando o GeoGebra. Bolema: Boletim de Educação Matemática, 27(46), 417–432. https://doi.org/10.1590/S0103-636X2013000300006

Gonçalves, W. V. [UNESP]. (2016). O transitar entre a Matemática do Matemático, a Matemática da Escola e a Matemática do GeoGebra: um estudo de como professores de Matemática lidam com as possibilidades e limitações do GeoGebra (Tese de doutorado - Faculdade de Ciências, Campus de Bauru, Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência). Opgehaal van http://hdl.handle.net/11449/143951

Martins Júnior, J. C. (2015). Ensino de derivada em cálculo I: aprendizagem a partir da visualização com uso do geogebra (Dissertação de mestrado - Universidade Federal de Ouro Preto). Opgehaal van http://www.ppgedmat.ufop.br/arquivos/dissertacoes_2015/Jose Cirqueira Martins Junior.pdf

Moraes e Galiazzi. (2011). Análise Textual Discursiva (2nd ed; Unijuí, Red).

Oliveira, R. A. de, Gonçalves, W. V., Piasson, D., & Piasson, D. (2018). O uso do Geogebra para o ensino de cálculo diferencial e integral, um mapeamento de suas publicações. Revista Thema, 15(2), 466–484. https://doi.org/10.15536/thema.15.2018.466-484.892

Onuchic, L. de la R. (1999). Ensino-aprendizagem de matemática através da resolução de problemas (UNESP, Red). São Paulo: . IN Pesquisa em educação matemática: concepções e perspectivas/ Organizadora Maria Aparecida Viggiani Bicudo.

Silva, A. J. da. (2017). Noção de limite de funções reais e GeoGebra : um estudo em epistemologia genética (Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos Interdisciplinares em Novas Tecnologias da Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação.). Opgehaal van http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/158305

Simões, A. C. [UNESP]. (2014). Calculando área sob gráficos de funções (Dissertação de Mestrado apresentada junto a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Campus de Rio Claro - Universidade Estadual Paulista. Instituto de Geociências e Ciências Exatas. Câmpus de Bau). Opgehaal van https://repositorio.unesp.br/handle/11449/108818

Ubiratan D’ Ambrosio. (2017). Prefácio de livro IN Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. In Aautêntica (Red), a (5th ed). Opgehaal van http://scholar.google.com/scholar?hl=en&btnG=Search&q=intitle:Ambrosio-C#0




DOI: https://doi.org/10.30612/tangram.v2i4.9573

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.

 

ISSN: 2595-0967

Indexadores

 

Divulgador

 

Programa Anti-plágio utilizado