Panorama da educação financeira escolar em documentos oficiais

Autores

  • Arlam Dielcio Pontes da Silva https://orcid.org/0000-0003-0574-3818
  • Cristiane Azevêdo dos Santos Pessoa Universidade Federal de Pernambuco
  • Liliane Maria Teixeira Lima de Carvalho Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.30612/tangram.v1i4.8695

Palavras-chave:

Educação Financeira. Documentos Curriculares. Educação Matemática.

Resumo

Este artigo objetiva discutir sobre como a Educação Financeira (EF) vem sendo abordada em documentos oficiais. As influências do discurso da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) definiram o que é proposto pela Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), que se torna o principal documento norteador para o ensino da temática no Brasil. Também analisamos o que sugerem os Parâmetros Curriculares de Matemática para a Educação Básica do Estado de Pernambuco, que foi criado após a promulgação da ENEF, e a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Os resultados apontam que ao longo dos anos a EF ganha espaço e é tratada como uma temática de interesse educacional nos documentos nacionais. A sua abordagem no currículo, embora recente, evidencia conquistas já alcançadas em termos de inserção do seu caráter crítico, ainda que em pequenas proporções, e apesar dos interesses de órgãos não educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arlam Dielcio Pontes da Silva

Mestre em Educação Matemática e Tecnológica pela Universidade Federal de Pernambuco; Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco. E-mail: arllan_dielcio@hotmail.com

Cristiane Azevêdo dos Santos Pessoa, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Educação, docente do Departamento de Métodos e Técnicas e da Pós-graduação em Educação Matemática e Tecnológica, no Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco. E-mail: cristianepessoa74@gmail.com

Liliane Maria Teixeira Lima de Carvalho, Universidade Federal de Pernambuco

Doutora em Educação, docente do Departamento de Administração Escolar e Planejamento Educacional e da Pós-graduação em Educação Matemática e Tecnológica, no Centro de Educação da Universidade Federal de Pernambuco. E-mail: lmtlcarvalho@gmail.com

Referências

Brasil. (1996). Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília.

Brasil. (2003). Lei 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Altera a Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília.

Brasil. (2010). Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Resolução CNE/CEB nº 4/2010. Diário Oficial da União, MEC, Brasília.

Brasil. (2014). Plano Nacional de Educação. Lei 13.005, de 25 de junho de 2014. Diário Oficial da União, MEC, Brasília.

Brasil. (2018). Estratégia Nacional de Educação Financeira - ENEF. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/decreto/d7397.htm. Acesso em: 11 de agosto de 2018.

Brasil. (2010). Implementando a Estratégia Nacional de Educação Financeira. Disponível em: http://www.bcb.gov.br/pre/pef/port/Estrategia_Nacional_Educacao_Financeira_ENEF.pdf. Acesso em: 11 de agosto de 2018.

Brasil. (2017). Base Nacional Comum Curricular: versão final. MEC, Brasília.

Enef. (2018). Estratégia Nacional de Educação Financeira. Disponível em: http://www.vidaedinheiro.gov.br/pagina-39-programas_transversais.html. Acesso em: 11 de agosto de 2018.

Enef. (2018). Estratégia Nacional de Educação Financeira. Disponível em: http://www.vidaedinheiro.gov.br/programas-26-para_crianaas_e_jovens.html. Acesso em: 11 de agosto de 2018.

Enef. (2018). Estratégia Nacional de Educação Financeira. Disponível em: http://www.vidaedinheiro.gov.br/programas-43-ensino-fundamental.html. Acesso em: 11 de agosto de 2018.

Ocde. (2018). Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Disponível em: http://www.oecd.org. Acesso em: 08 de agosto de 2018.

Ocde. (2018). Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Disponível em: http://www.oecd.org/latin-america/countries/brazil/brasil.htm. Acesso em: 08 de agosto de 2018.

Ocde. (2004). OECD’s Financial Education Project. In: Financial Market Trends, n. 87.

Ocde. (2015). National Strategies for Financial Education: OECD-INFE Policy Handbook.

Ocde. (2018). Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Disponível em: http://www.oecd.org/brazil/. Acesso em: 08 de agosto de 2018.

Ocde. (2018). Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Disponível em: http://www.oecd.org/about/. Acesso em: 08 de agosto de 2018.

Ocde. (2015). Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Disponível em: http://www.oecd.org/pisa/data/. Acesso em: 08 de agosto de 2018.

Ocde. (2018). Programme for International Student Assessment (PISA). In: OCDE Education Statistics. Disponível: http://dx.doi.org/10.1787/data-00365-en. Acesso em: 07 de agosto de 2018.

Ocde. (2018). Mathematics performance (PISA). Disponível em:

https://data.oecd.org/pisa/mathematics-performance-pisa.htm. Acesso em: 07 de agosto de 2018.

Oliveira, Maria Marly de. (2007). Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis, RJ: Vozes.

Pernambuco, Secretaria de Educação. (2012). Parâmetros para a Educação Básica do Estado de Pernambuco – Parâmetros Curriculares de Matemática para o Ensino Fundamental e Médio. Recife.

Pisa. (2015). Programa Internacional de Avaliação de Alunos. Disponível em: http://www.compareyourcountry.org/pisa/country/bra?lg=en. Acesso em: 07 de agosto de 2018.

Skovsmose, Ole. (2014). Um convite à Educação Matemática Crítica. Tradução de Orlando de Andrade Figueiredo. Campinas - SP: Papirus.

Downloads

Publicado

11/12/2018

Como Citar

Pontes da Silva, A. D., dos Santos Pessoa, C. A., & Teixeira Lima de Carvalho, L. M. (2018). Panorama da educação financeira escolar em documentos oficiais. TANGRAM - Revista De Educação Matemática, 1(4), 66–86. https://doi.org/10.30612/tangram.v1i4.8695

Edição

Seção

Dossiê temático: Pesquisas em Educação Financeira e Educação Matemática