A História da Matemática em cenas: um diálogo com o documentário Os Gênios do Oriente e a Educação Matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/tangram.v5i1.13434

Palavras-chave:

História da Matemática. Cinema. Diálogos. Educação Matemática. Formação de professores.

Resumo

Este artigo objetiva analisar a relevância da História da Matemática para a formação de professores, tendo como base da cena escrita o documentário Os Gênios do Oriente (Inglaterra, 2008) e com o olhar delimitado para as contribuições da China, da Índia e do Oriente Médio no desenvolvimento da Matemática. Ao apresentar a História da Matemática, o documentário traz a construção das noções básicas dos conceitos matemáticos do Oriente e sua disseminação ao longo do tempo, desvelando-nos as descobertas em seu tempo e espaço. Para além do documentário, a História da Matemática em cenas permite um aprofundamento na dinâmica e nas possibilidades da formação de professores que adentra a sala de aula para auxiliar nas dificuldades epistemológicas inerentes aos conceitos matemáticos que estão sendo desenvolvidos/trabalhados pelo professor, além de possibilitar a análise desses conceitos em seus contextos de descoberta e evolução.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joeanne Neves Fraz, Universidade de Brasília - UNB/Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UNB)

Doutoranda em Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Brasília – PPGE/FE-UnB. Linha de Pesquisa Educação em Ciências e Matemática (Orientador Prof. Dr. Geraldo Eustáquio Moreira). Integrante do Grupo de Pesquisas CNPq: Dzeta Investigações em Educação Matemática – DIEM. Bolsista Capes.

Geraldo Eustáquio Moreira, Universidade de Brasília - UNB/Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UNB)

Pós-Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ProPEd/UERJ, 2020, conceito Capes 7), sob supervisão da Prof.ª Dr.ª Maria isabel Ramalho Ortigão. Possui Doutorado em Educação Matemática, pela PUCSP (2012), com Estágio Doutoral na Universidade do Minho (Portugal); Mestrado em Educação, pela UCB (2005); Pós-Graduação em de Ensino da Matemática, pela UNICLAR (2000); Licenciatura em Ciências, pela UEG (1996); Licenciatura em Matemática, pela UNOESTE/SP (1999) e Licenciatura em Pedagogia, pelo Instituto Superior Fátima/DF (2013). Professor Adjunto da Universidade de Brasília - UnB, Faculdade de Educação (Departamento de Métodos e Técnicas) e Professor/Pesquisador da Pós-Graduação, níveis Mestrado e Doutorado, do Programa de Educação (PPGE), Linha Educação em Ciências e Matemática. Líder do grupo de pesquisa "Dzeta Investigações em Educação Matemática - DIEM". Secretário Geral da SBEM Nacional (2019 - 2022).

Referências

Almeida, Manoel de Campos (2011). Origens da Matemática: a pré-história da Matemática – o neolítico e o alvorecer da história. Curitiba, PR: Progressiva.

Altafini, Thiago (Março 1999). Cinema Documentário Brasileiro - Evolução Histórica da Linguagem. Oficina da História. Salvador (BA). Retirado em 14 de maio, 2020, de: http://www.bocc.ubi.pt/pag/Altafini-thiago-Cinema-Documentario-Brasileiro.pdf.

Alves, Francisco Regis Vieira (2019). Brahmagupta e alguns elementos históricos da Matemática Hindu. Revista Thema, v. 16, n. 4, pp. 755-773. Retirado em 14 de maio, 2020, de: http://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/1564/1353.

Benjamin, Walter (1994). Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras Escolhidas. 7. ed. São Paulo: Brasiliense, v. I.

Boyer, Carl B. (1996). História da Matemática. 2. ed. Trad. Elza F. Gomide. São Paulo: Edgar Blücher.

Brasil, Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular (2018). Brasília, DF: MEC. Retirado em 17 de janeiro, 2021, de: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79611-anexo-texto-bncc-aprovado-em-15-12-17-pdf&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192.

Briggs, Asa, & Burke, Peter (2006). Uma História Social da Mídia: de Guttenberg à internet. Trad. Maria Carmelita Pádua Dias. 2 ed. Rio de Janeiro: Zahar.

Cavalcante, Luiz G., Sosso, Juliana, Vieira, Fábio, & Poli, Ednéia Consolin (2006). Para saber Matemática. Obra em 4. v. para alunos de 5ª a 8ª séries. São Paulo: Saraiva.

Celestino, Kamila Gonçalves, & Pacheco, Edilson Roberto (2012). Bhaskara: algumas evidências. Encontro Regional de Estudantes de Matemática do Sul, 16, Porto Alegre (RS). Retirado em 20 de maio, 2020, de: http://www.pucrs.br/edipucrs/erematsul/comunicacoes/26KAMILACELESTINO.pdf.

Chaluh, Laura Noemi (Junho 2012). Filmes na formação de futuros professores: educar o olhar. Educação em Revista, Belo Horizonte (MG), v.28, n.02, pp.133-152.

Costa, Adriane Camilo (2009). O cinema como mediador na educação para a cultura visual. Dissertação (Mestrado em Cultura Visual) - Universidade Federal de Goiás. Goiânia (GO).

Coelho, Roseana Moreira de Figueiredo, & Viana, Marger da Conceição Ventura (2011). A utilização de filmes em sala de aula: um breve estudo no Instituto de Ciências Exatas e Biológicas da UFOP. Revista da Educação Matemática da UFOP, v.1, pp. 89-97. Retirado em 10 de janeiro, 2021, de: https://silo.tips/download/a-utilizaao-de-filmes-em-sala-de-aula-um-breve-estudo-no-instituto-de-ciencias-e.

D’Ambrosio, Ubiratan (1996). Educação Matemática: da teoria a prática. Campinas, SP: Papirus.

D’Ambrosio, Ubiratan (2013). Prefácio. In: Souto, Roméria Mara Alves. Cinema e história da Matemática: entrelaços possíveis (pp. 9-11). São Paulo: Livraria Editora da Física.

Duarte, Rosália (2002). Cinema e Educação. Belo Horizonte, MG: Autêntica.

Duarte, Vania de Moura Barbosa, & Duarte, Marcos Antonio Heleno (2016). História da Matemática auxiliando na construção de conceitos: o caso dos números irracionais. IX Encontro Paraibano de Educação Matemática – EPBEM, Campina Grande (PB). Retirado em 27 de março, 2020, de: http://editorarealize.com.br/revistas/epbem/trabalhos/TRABALHO_EV065_MD3_SA16_ID725_15102016181738.pdf.

Durand, Gilbert (1998). O imaginário: ensaio acerca das ciências e da filosofia da imagem. Rio de Janeiro: Difel.

Eves, Howard (1995). Introdução à História da Matemática. Trad. Hygino H. Domingues. São Paulo: UNICAMP.

Ferro, Marc (1988). O filme. Uma contra-análise da sociedade? In LeGoff, J., & Nora, P. (Orgs.). História: novos objetos (pp. 199-215). Rio de Janeiro: Francisco Alves.

Fraz, Joeanne Neves (2004). Olhares sobre a História de Brasília: uma análise das representações de estudantes sobre a história de Brasília hoje, a partir do documentário Brasília segundo Feldman. 167 f. Dissertação de Mestrado em Educação. Brasília: Universidade de Brasília.

Furlanetto, Ecleide Cunico (2003). Como nasce um professor? Uma reflexão sobre o processo de individuação e formação. São Paulo: Paulus.

Gasperi, Wlasta N. H. de, & Pacheco, Edilson Roberto (2007). A História da Matemática como instrumento para a interdisciplinaridade na Educação Básica. PDE: Programa de Desenvolvimento Educacional da Secretaria da Educação do Estado do Paraná. Retirado em 10 de março, 2021, de: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/701-4.pdf

Gatti, Bernardet A. (Outubro/Dezembro 2010). Formação de professores no Brasil: características e problemas. Educ. Soc., Campinas (SP), v. 31, n. 113, 1355-1379. Retirado em 27 de março, 2020, de: http://www.cedes.unicamp.br.

Guimarães, Fabiane (2008). O sentido do zero. 112f. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUCSP.

Miguel, Antônio, & Miorim, Maria Ângela (2004). História na Educação Matemática: propostas e desafios. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2004 (Coleção Tendências em Educação Matemática).

Moreira, Geraldo Eustáquio (2019). Tendências em Educação Matemática com enfoque na atualidade. In: Neves, Regina da Silva Pina, & Dörr, Raquel Carneiro (Org.). Formação de professores de Matemática: desafios e perspectivas (pp. 45-64). Curitiba, PR: Appris.

Nichols, Bill (1991). Representing Reality. Blooming/Indianápolis, Indiana University Press.

Nova, Cristiane (Março 1999). O cinema e o conhecimento da História. Salvador (BA). Retirado em 22 de março, 2020, de: http://www.ufba/~oficihist/.

Ramos, Fernão Pessoa (2008). Mas afinal… O que é mesmo documentário? São Paulo: Senac.

Rooney, Anne (2012). A História da Matemática – Desde a criação das pirâmides até a exploração do infinito. São Paulo: M. Books do Brasil Editora Ltda.

Sandes, Joana Pereira, & Moreira, Geraldo Eustáquio (Janeiro/Abril 2018). Educação Matemática e a formação de professores para uma prática docente significativa. Revista @mbienteeducação. São Paulo: Universidade Cidade de São Paulo, v. 11, n. 1, pp. 99-109.

Souto, Romélia Mara Alves (2013). Cinema e História da Matemática: entrelaços possíveis. São Paulo: Livraria Editora da Física.

Stam, Robert (2003). Introdução à teoria do cinema. Campinas, SP: Papirus (Coleção Campo Imagético).

Struik, Dirk J. (1989). História concisa das Matemáticas. Lisboa, Portugal: Gradiva.

Varani, Adriana, & Chaluh, Laura Noemi (Dezembro 2008). O uso do filme na formação de professores. ETD – Educação Temática Digital, Campinas (SP), v. 10, n. 1, 1-23.

Viana, Marger da Conceição Ventura, & Teixeira, Aldrin Fabiano Alves (2009). A História da Matemática vai ao cinema. In: VIII Seminário Nacional de História da Matemática. Anais… Belém-PA. Rio Claro, SP: SBHMat, p. 1-11.

Downloads

Publicado

30/03/2022

Como Citar

Fraz, J. N., & Moreira, G. E. (2022). A História da Matemática em cenas: um diálogo com o documentário Os Gênios do Oriente e a Educação Matemática. TANGRAM - Revista De Educação Matemática, 5(1), 37–59. https://doi.org/10.30612/tangram.v5i1.13434

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)