A identificação da Função Logarítmica num trabalho com o software GeoGebra e futuros professores de Matemática

Luciano Ferreira, Mariana Moran, Valdeni Soliani Franco

Resumo


Este artigo propõe uma sequência didática para o ensino da Função Logarítmica utilizando o software GeoGebra. A investigação foi realizada com alunos do 4º ano de Licenciatura em Matemática de uma Universidade pública do norte do Paraná - Brasil. Aplicamos a sequência com o uso do software GeoGebra de modo que os alunos construíssem gradativamente o conceito de Função Logarítmica e suas propriedades. Utilizamos a definição dessa função, baseada no livro “Logaritmos” de Elon Lages Lima e investigamos se houve, pelos alunos, uma identificação da Função Logarítmica quando esta é definida de um modo menos usual. Concluímos que o objetivo da sequência didática foi alcançado, já que a maioria (9 de 12 alunos) conseguiu reconhecer a função logarítmica compreendendo sua interpretação geométrica. Mesmo com algumas respostas incompletas ou equivocadas durante a aplicação das tarefas, observamos que os alunos avançavam e refinavam as suas ideias e consequentemente as suas respostas. 


Palavras-chave


Sequência didática. Função Logarítmica. Investigação.

Texto completo:

PDF

Referências


Almouloud, S. A. (2011) As transformações do saber científico ao saber ensinado: o caso do logaritmo. Educar em Revista. Curitiba-PR/Brasil. n. Especial 1/2011, p. 191-210, Editora UFPR.

Bertini, L. F.; Passos, C. L. B. (2008) O Uso da Investigação Matemática no Processo de Ensino e Aprendizagem nas Séries Inicias do Ensino Fundamental. Encontro Brasileiro de Pós-Graduação em Educação Matemática. Unesp – Rio Claro SP/Brasil.

Bicudo, M. A. V. (2004) Pesquisa Qualitativa e Pesquisa Qualitativa Segundo a abordagem fenomenológica. In: BORBA, M. C.; ARAÚJO, J. L. (Orgs). Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. Belo Horizonte-MG/Brasil. Editora Autêntica.

Brousseau, G. (1996) Fundamentos e Métodos da Didáctica da Matemática. In: BRUN, J. Didática das Matemáticas. Tradução de: Maria José Figueiredo. Lisboa: Instituto Piaget, Cap. 1. pp. 35-113.

Dante, L. R. (2005) Matemática: volume único. São Paulo/Brasil. Editora Ática.

Ferreira, L.; Barros, R. M. O. (2010) Uma nova métrica, circunferência quadrada e obstáculos. In.: V Congresso Internacional de Ensino da Matemática de outubro de ULBRA. Canoas -RS/Brasil.

Fiorentini, D.; Lorenzato, S. (2006) Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas-SP/Brasil: Autores Associados.

Frota, M. C. R. (2007) Experiência matemática na sala de aula da Educação Superior. Anais do IX Encontro Nacional de Educação Matemática. Sociedade Brasileira de Educação Matemática, 2007. Disponível em: www.sbembrasil.org.br/files/ix_enem/Mesa/Artigo_MClaraFrota_MR 13.doc. Acesso em 09 de março de 2018.

Lima, E. L. (2010) Logaritmos. Rio de Janeiro/Brasil. Editora SBM.

Paraná, S. E. E. (2008) Diretrizes Curriculares da Educação Básica – Matemática.

Paraná, (2019) Programa Educação Conectada. Disponível em: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=18 74. Acesso em 07 de agosto de 2019.

Ponte, J. P.; Brocardo, J.; Oliveira, H. (2006) Investigações matemáticas na sala de aula. 1a ed. – Belo Horizonte – MG/Brasil. Editora Autêntica.




DOI: https://doi.org/10.30612/tangram.v2i3.10267

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

TANGRAM - Revista de Educação Matemática
e-ISSN: 2595-0967

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.