Professores em formação inicial na escrita reflexiva profissional: abordagem sistêmicofuncional na linguística aplicada

Bruno Gomes Pereira, Wagner Rodrigues Silva

Resumo


Neste artigo, realizamos uma articulação teórica entre pressupostos da Linguística Aplicada e da Linguística Sistêmico-Funcional, sendo esta última nossa principal teoria linguística para microanálise dos dados: relatórios escritos de estágio supervisionado obrigatório, produzidos por professores em formação inicial. Investigamos como esse professor, aqui denominado de aluno-mestre, autorrepresenta-se por meio da escrita reflexiva profissional dos referidos relatórios em uma Licenciatura Plena em Matemática. A metodologia investigativa é caracterizada pela abordagem qualitativa e pela pesquisa documental. Os resultados mostram que a escrita reflexiva profissional do gênero focalizado é pouco aproveitada para o empoderamento do aluno-mestre, no contexto da licenciatura. Apesar de os alunos-mestre conhecerem os mecanismos linguísticos indicadores de reflexão no texto, o contexto acadêmico não proporciona situações que os levem a desenvolver um olhar mais crítico sobre sua própria atuação em sala de aula da Educação Básica.

Palavras-chave


Letramento do professor. Escrita acadêmica. Gênero textual.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.