Formação continuada de professores no contexto da educação a distância: concepções de docentes formadores sobre essa relação

Marta Henrique da Silva, Sérgio Paulino Abranches

Resumo


Neste artigo, analisamos as concepções de docentes formadores do ensino superior sobre a formação continuada no contexto da educação a distância, sendo esta um recorte da pesquisa feita e defendida como dissertação de mestrado. Tivemos como campo um curso de Pós-Graduação – Lato Sensu e os dados foram coletados através de questionário e de entrevista, e para a análise seguimos o modelo de “Análise de Conteúdo” proposto por Bardin (2009). O estudo mostrou que os/as docentes buscam, em relação à formação continuada a distância, sobretudo, proporcionar uma formação sólida, passível de ser apreendida pela aquisição de um significativo conjunto de competências e dinâmicas que permitam a atuação individual, e ao mesmo tempo coletiva, acadêmica e profissional.

Palavras-chave


Formação Continuada de professores. Educação a Distância. Ensino Superior.

Texto completo:

PDF

Referências


ALAVA, S. Ciberespaço e formações abertas: rumo a novas práticas educacionais? Porto Alegre: Artmed, 2002.

ALMEIDA, M. E. B. A construção compartilhada de significados em projetos de educação a distância. In: VALENTE, J. A.; ALMEIDA, M. E. B. (Org.). Formação de educadores a distância e integração de mídias. São Paulo: Avercamp, 2007.

______. Tecnologia e educação a distância: abordagens e contribuições dos ambientes digitais e interativos de aprendizagem. In: ANPED. GT: Educação e Comunicação/n. 16. [Rio de Janeiro], s/d. Disponível em:

https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&ved=0CC8

QFjAA&url=http%3A%2F%2Fwww.anped.org.br%2Freunioes%2F26%2 Ftrabalhos%2Fmariaelizabethalmeida.rtf&ei=xkuoUvSoGMyukAeog4HwBg&usg=AFQjCNEVH-U-7Elf-jX0T287LoZzZxAa6w&sig2=TbqFNmD6PArdhJ7yxBD3rQ. Acesso em: 23 mar. 2013.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal; Edições 70, LDA, 2009.

BEHRENS, M. A. A prática pedagógica e o desafio do paradigma emergente. v. 80, n. 196, Brasília: set./dez. 1999. p. 383-403.

________. Projetos de aprendizagem colaborativa num paradigma emergente. In: MORAN, J. M. (Org.). Novas tecnologias e mediação pedagógica. 14. ed. Campinas, SP: Papirus, 2008, p. 67-132.

BEHRENS, M. A.; OLIARI, A.L.T. A evolução dos paradigmas na educação: do pensamento cientifico tradicional a complexidade. Diálogo Educacional. Curitiba: set./dez. 2007. p. 53-66.

CASTELLS, Manuel. A Era da Informática: economia, sociedade e cultura. v. 1. A Sociedade em Rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

IMBERNÓN, F. Formação continuada de professores. Tradução: Juliana dos Santos Padilha. Porto Alegre: Artmed, 2010.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MORAN, J. M. O que é um bom curso a distância? In: ALMEIDA, M. E. B.; MORAN, J. M. (Org.). Integração das Tecnologias na Educação. Secretaria de Educação a Distância. Salto para o Futuro. Brasília, Ministério da Educação, SEED, 2005. Disponível em:

http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me000701.pdf. Acesso em: 23 mar. 2013.

PONS, J. P. Visões e conceitos sobre a tecnologia educacional. In: SANCHO, J. M. (Org.). Para uma tecnologia educacional. Porto Alegre: ArtMed. 1998.

POSTMAN, N. Tecnopólio: a predição da cultura à tecnologia. São Paulo: Nobel, 1994.

POZO, J. I. Aprendizes e Mestres: a nova cultura da aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.

PRADO, M. E. B. B.; ALMEIDA, M. E. B. Estratégias em Educação a Distância: a Plasticidade na Prática Pedagógica do Professor. In: VALENTE, J. A.; ALMEIDA, M. E. B. (Orgs.). Formação de educadores a distância e integração de mídias. São Paulo: Avercamp, 2007. p. 67-84.

PRADO, M. E. B. B.; SILVA, M. G. M. Formação de educadores em ambientes virtuais de aprendizagem. Em Aberto, INEP, Brasília, v. 22, n. 79, 2009. Disponível em: http://www.rbep.inep.gov.br/index. php/emaberto /issue/view/ 101/showToc. Acesso

em: 26 mar. 2012.

SILVA, M.; SANTOS, E. Avaliação da aprendizagem em educação online. São Paulo: Loyola, 2006.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.