Educação a distância no contexto da democratização e inclusão educacional

Marcela Guarizo da Silva, Deyvid Tenner de Souza Rizzo

Resumo


No ambiente educacional busca-se refletir o que são e como estão sendo debatidos os assuntos relacionados com educação à distância e as relações das tecnologias da informação e comunicação, no Brasil, dando ênfase as questões referentes ao acesso educacional e a democratização do ensino na perspectiva da educação inclusiva no contexto da globalização. Identifica-se o estudo de tais temáticas de grande valia, pois a sociedade vem sendo transformada, em consequências dos avanços sociais, tecnológicos, econômicos e essa realidade não é diferente no processo educacional, o que implica em um estudo emergente para promover a Educação de qualidade e acessível a todos, efetivando a democratização do ensino, respeitando as diferenças socioeconômicas encontradas no âmbito social e escolar.

Palavras-chave


Educação à distância. Democracia. Inclusão.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos do estado. 1918 traduções de Walter José Evangelista e Maria Laura Viveiros de Castro, introdução crítica de José Augusto Guilhon Albuquerque, RJ: Edições Graal, 1983.

ARANHA, Maria Lúcia Arruda. História da Educação e da Pedagogia. São Paulo: Moderna, 2006.

BRASIL. Constituição. Brasília: Senado Federal, 1988.

CHERVEL, André. Histórias das disciplinas escolares: reflexões sobre o um campo de pesquisa. Teoria e Educação. Porto Alegre, 2, 1990.

DALLABRIDA. Adarzilse Mazzuco. Escolarização e deficiência: a escolha da escola. São Paulo 2006.

DEL PRETTE, Z. A. P & Del Prette, A. Habilidades sociais: uma área em desenvolvimento. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2006.

FARIA Filho, Luciano Mendes de & Vidal, D. G. Os tempos e os espaços escolares no processo de institucionalização da escola primária no Brasil. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, 14, p. 19-34, 2000.

GADOTTI, Moacir. Perspectivas atuais da educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

GAMBOA, Silvio Ancizar Sanchez. Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 1997.

KÖCHE, José Carlos. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e prática da pesquisa. 14. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

MASETTO, Marcos Tarciso. Competência Pedagógica do professor Universitário. São Paulo: Summus editorial, 2004.

MIRANDA, Guilherme Lobato. Limites e possibilidades das TIC na Educação. SÍSIFO/Revista das Ciências da Educação, no 3, mai/ago 2007.

SARTORI, Ademilde Silveira. Educação a Distância: novas práticas pedagógicas e as tecnologias da informação e da comunicação. In.: Revista Linhas, volume 3, número 2, 2002. Disponível em: htttp://www.periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/viewFile/1192/1007. Acesso em: 08 out. 2011.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 8ª ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes e Formação Profissional. 5ª. Ed. Petrópolis, Vozes, 2002.

ZABALZA, Miguel Ángel Meraza. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Os professores universitários. Porto Alegre, editora ARTM. 2004.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.