I can’t breathe: reflexões sobre colonialidade e Covid-19 a partir da cidade de Nova Iorque, EUA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/riet.v2i2.13404

Palavras-chave:

Pandemia, Educação, Neocolonialidade

Resumo

O objetivo deste texto é refletir sobre como a Covid-19 se manifesta na cidade de Nova Iorque, considerada o epicentro da pandemia nos Estados Unidos da América, durante o primeiro semestre de 2020. Ele é produto de coleta diária de dados e informações realizada durante os meses de março e junho de 2020 em meios de comunicação estadunidenses e brasileiros, em relatórios disponibilizados pela Prefeitura de Nova Iorque, além de leituras, discussões e análises coletivas feitas a partir do referencial teórico crítico, realizadas em grupos de estudos e pesquisas dos quais as autoras participam. A coleta de dados foi realizada buscando perceber quem são as principais vítimas da Covid-19 e qual o contexto em que estavam inseridas. Para isso, primeiramente, contextualizamos a cidade de Nova Iorque, destacando suas características sociais gerais, dadas pela organização espacial territorial desigual. Em seguida, analisamos os dados nos quais aparece a (neo)colonialidade, com latinos, negros e mulheres constituindo os grupos sociais mais fragilizados e atingidos pela pandemia no Norte Global, revelando a existência do Sul colonizado e explorado dentro do Norte explorador e colonizador. Por meio de uma perspectiva educacional ativista, crítica, transformadora e anticolonialista/anticapitalista, este artigo contribui para relevar e superar essa realidade, problematizando as desigualdades e oferecendo ferramentas críticas para um reposicionamento ativista transformador dos(as) oprimidos(as).

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Soraya Franzoni Conde, UFSC

Professora da Universidade Federal de Santa Catarina

Professora dos Programas de Pós Graduaçao em Educação e em Serviço Social da UFSC

Doutora em Educação pela UFSC (2012)

Pós Doutora em Educação Urbana pela City University of New York (2020-2021)/ Bolsista CAPES-PRINT

Vice-líder do Núcleo de Estudos sobre as Transformações no Mundo do Trabalho e Fundadora do Grupo de Estudos Trabalho, Educação e Infância

 

 

Suzani Cassiani, Universidade Federal de Santa Ctarina

É professora titular da Universidade Federal de Santa Catarina, atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, líder do Grupo de Estudos e Pesquisas Discursos da Ciência e da Tecnologia na Educação. Doutorado em Educação pela UNICAMP (2000) e Pós-Doutorado em Ciências Sociais (Estágio Sênior, 2015) na Universidade de Coimbra-Portugal. É membro do Comitê de Assessoramento do CNPq, na área de Educação. 

Referências

ALLEN, Garland E. Essays on science and society: Is a new eugenics afoot? Science, v. 294, n. 5540, p. 59- 61, oct. 2001. Disponível em: https://bit.ly/3o1TpEu. Acesso em: 20 ago. 2020.

BORGES, Beatriz; LARA, Walace. Violência física e sexual contra as mulheres aumenta durante o isolamento social provocado pelo coronavírus. G1, [S. l.], 13 abr. 2020. Disponível em: https://glo.bo/3l6WO3i. Acesso em: 20 abr. 2020.

________________ (retirado para fins de anonimato). Resistir, (Re) Existir e (Re)inventar a Educação Científica e Tecnológica. Florianópolis: UFSC, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3l6NlZx. Acesso em: 20 set. 2020.

CASTRO-GÓMEZ, Santigo; GROSFOGEL, Ramón. El giro decolonial: reflexiones para una diversidad epistémica más allá del capitalismo Global. Bogotá: Panamericana Formas e Impresos, 2007.

_______________ (retirado para fins de anonimato). As condições de trabalho de professores de educação infantil em Santa Catarina, Brasil. Revista Nuances, Presidente Prudente, v. 29, n. 3, p. 165-167, 2018. Disponível em: https://bit.ly/39fekQw. Acesso em: 20 ago. 2020.

DAVIS, Angela. Women, race and class. Los Angeles: Los Angeles book review, 1983.

FEDERICI, Silvia. Calibã and witch: women, body and primitive accumulation. New York City: Autonomedia, 2014.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2019.

GASPER, Phil. The return of scientific racism. ISR, [S. l.], Issue #110: Critical Thinking, 2 may 2019. Disponível em: https://bit.ly/39fC9Ys. Acesso em: 20 set. 2020.

GONZALEZ, Lélia. Primavera para as Rosas Negras: Lélia Gonzalez em primeira pessoa. Organizado e editado pela União Coletiva Pan-Africanista. São Paulo: Diáspora Africana, 2018.

HARVEY, David. Anti-Capitalist Politics in the Time of = 6-19. David Harvey, [S. l.], 19 mar. 2020. Disponível em: https://bit.ly/2KAFQO0. Acesso em: 27 abr. 2020.

HIRATTA, Helena. Paradigmes du travail: um “point de vue transversal”. Paradigmes Du Travail. Futur., Paris, nº 16, 1993. Disponível em: https://bit.ly/39kNWVx. Acesso em: 20 ago. 2020.

JIANG, Manyu. The reason Zoom calls drain your energy. BBC News, London, 22 apr. 2020. Disponível em: https://bbc.in/37gRTbc. Acesso em: 24 abr. 2020.

JORDAN, Miriam. Farmworkers, mostly undocumented, become ʻessentialʼ during pandemic. New York Times, New York, 2 apr. 2020. Disponível em: https://nyti.ms/366Dhvy. Acesso em: 2 abr. 2020.

LORDE, Audre. Age, race, class, and sex: women redefining difference. Sister Outsider, Trumansburg, NY, p. 114-123, 1984. Disponível em: https://bit.ly/3m8jUHW. Acesso em: 20 set. 2020.

MANACORDA, Mario Alighiero. História da Educação: da antiguidade aos nossos dias. São Paulo: Cortez, 2006.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Livro I: O processo de produção do capital. São Paulo, Boitempo, 2013.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. 3. ed. São Paulo: n-1 edições, 2018. 80 p.

MESZÁROS, István. A educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2008.

MIGNOLO, Walter D. Epistemic disobedience, independent thought and decolonial freedom. Theory, Culture & Society, [S. l.], v. 26, n. 7-8, p. 159-181, 2009.

MLAMBO-NGCUKA, Phumzile. Violência contra as mulheres e meninas é pandemia das sombras, afirma diretora executiva da ONU Mulheres. ONU Mulheres Brasil, [S. l.], 7 abr. 2020. Disponível em: https://bit.ly/2HHZlDm. Acesso em: 24 abr. 2020.

NEW YORK (município). NYC Health. COVID-19: Data. New York, 2020. Banco de dados sobre a pandemia de Covid-19. Disponível em: https://bit.ly/2Jf9xn8. Acesso em: 20 set. 2020.

NASCIMENTO, Abdias. O genocídio do negro brasileiro: processo de um racismo mascarado. São Paulo: Paz e Terra, 1978.

NOVA Iorque. In: WIKIPÉDIA: a enciclopédia livre. [S. l.: s. n.], 2010. Disponível em: https://bit.ly/3q0ECMp. Acesso em: 20 mar. 2020.

QUIJANO, Anibal. Em torno a la colonialidade del poder. Buenos Aires: Edições del Signo, 2019.

SAFFIOTI, Heleieth. A mulher na sociedade de classes: mito e realidade. São Paulo: Expressão Popular, 2013.

SANTOS, Milton. O espaço do cidadão. 2. ed. São Paulo: Nobel, 1993.

SHIELDS, Stephanie A.; BHATIA, Sunil. Darwin on race, gender, and culture. American Psychologist, [S. l.], v. 64, n. 2, Special issue: Charles Darwin and Psychology, p. 111-119, 2009. Disponível em: https://bit.ly/3fAR9Bp. Acesso em: 20 set. 2020.

SILVEIRA, Daniel. Coronavírus e desafios a prevenção: Brasil tem 31,3 milhões sem água encanada e 11,6 milhões em casas superlotadas. G1, Rio de Janeiro, 28 mar. 2020. Disponível em: https://glo.bo/366HaR0. Acesso em: 20 set. 2020.

STETSENKO, Anna. The transformative mind: Expanding Vygotsky approach to development and education. Cambridge: Cambridge University Press, 2017.

STETSENKO, Anna; SAWYER, Jeremy. Culture and Development. SAGE Publications, Thousand Oaks, v. 2, p. 211-213, 2016. Disponível em: https://bit.ly/37agZIC. Acesso em: 20 set. 2020.

TAYLOR, Keeanga-Yamahtta. Raça, classe e marxismo. Tradução: Maíra Mee. Revista Outubro, Rio de Janeiro, n. 31, 2º sem. 2018. Não paginado. Disponível em: https://bit.ly/2KAf4oW. Acesso em: 20 set. 2020.

VENDRAMINI, Célia; CONDE, Soraya Franzoni. Vítimas do Coronavírus: a classe trabalhadora migrante. Portal Desacato, [S. l.], 30 abr. 2020. Disponível em: https://bit.ly/39eW9dL. Acesso em: 5 maio 2020.

WALLACE, Robert G. Big farms make big flu: dispatches on infectious disease, agribusiness, and the nature of science. New York: Monthly Review Press, 2016.

WILHIANS, J. Letter to Major Bill de Blasio. Inquiry regarding disparities in COVID-19 testing. April/2nd/2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Corona Virus Disease. Weekly Epidemiological Update and Weekly Operational Update. WHO, [S. l.], 2020. Disponível em: https://bit.ly/3aKYj5E. Acesso em: 5 jun. 2020.

YANCY, George. Through the crucible of pain and suffering: African-American philosophy as a gift and the countering of the western philosophical metanarrative. Educational Philosophy and Theory, [S. l.], v. 47, n. 11, p. 1143-1159, 2015. Disponível em: https://bit.ly/3q3NErX. Acesso em: 20 set. 2020.

Downloads

Publicado

28/07/2021

Como Citar

Conde, S. F., & Cassiani, S. (2021). I can’t breathe: reflexões sobre colonialidade e Covid-19 a partir da cidade de Nova Iorque, EUA. Revista Interdisciplinar Em Educação E Territorialidade – RIET, 2(2), 286–303. https://doi.org/10.30612/riet.v2i2.13404

Edição

Seção

Dossiê 2 - Educação em tempos de pandemia