O motivo da viagem na lírica de Emílio Moura

Autores

  • Luciano Dias Cavalcanti Universidade do vale do Rio Verde

Palavras-chave:

Literatura. Poesia. Modernismo.

Resumo

Neste texto, pretendemos analisar como Emílio Moura se utiliza do motivo da viagem na construção de sua poética. Nessa perspectiva, a poesia emiliana priorizará o ato da criação concordando com o significado constitutivo da imagem da viagem na modernidade, que se dá, principalmente, em sua amplitude.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Dias Cavalcanti, Universidade do vale do Rio Verde

Realizou estágio de pós-doutorado no Departamento de Literatura Brasileira da UNESP/Araraquara (2011-2013). Doutor em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas (2007), Mestre em Letras: Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001) e Graduado em Letras: Língua Portuguesa e suas respectivas literaturas pela Universidade Federal de Ouro Preto (1998). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira, Literatura Comparada e Teoria Literária, atuando principalmente nos estudos de poesia moderna e contemporânea, tendo como principais objetos de estudos os poetas Jorge de Lima, Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade e a relação entre Música Popular Brasileira e a Poesia.

Downloads

Publicado

15/01/2016

Como Citar

Cavalcanti, L. D. (2016). O motivo da viagem na lírica de Emílio Moura. Raído, 9(20), 219–231. Recuperado de https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/Raido/article/view/3984

Edição

Seção

ARTIGOS - LITERATURA E PRÁTICAS CULTURAIS