Percepção dos professores supervisores do PIBID sobre as contribuições e desafios do programa

Leonardo Tavares Martins, Fabianna Evangelista Azevedo, Esaú dos Santos Carvalho, Joatan Silvério da Silva Santos, José Carlos Rodrigues Júnior, Natália Cristina de Oliveira

Resumo


A formação dos professores nos cursos de licenciatura no Brasil é um desafio para as políticas educacionais, mesmos após as propostas e reformas curriculares dos anos 1990. Como forma de antecipar o vínculo do docente com a profissão foi criado o PIBID, um programa de bolsas de iniciação à docência que tem como objetivo favorecer a inserção dos alunos das licenciaturas no ambiente escolar, permitindo a articulação entre a educação superior e as escolas do sistema público de educação básica. O objetivo deste trabalho foi identificar a percepção dos professores supervisores do PIBID acerca das contribuições e desafios do programa para a formação de professores e para a escola pública. Foi aplicado um questionário aberto e os dados foram analisados qualitativamente por meio da análise de discurso. Dentre as contribuições, os supervisores destacaram o crescimento pessoal e profissional dos bolsistas, que vivenciam a realidade das salas de aula, ajudando-os a afirmar sua escolha profissional e preparando-os para a docência. Entre os desafios, é citado o desenvolvimento de estratégias e métodos para a condução da sala de aula. Conclui-se que o PIBID aproxima a universidade da escola pública na busca pela solução de problemas e parceria no desenvolvimento de projetos.


Palavras-chave


Ensino. PIBID. Docentes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/hre.v5i9.6099

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.