Reflexão sobre as TIC como Ferramentas de Potencialização de Ensino

André Crepaldi

Resumo


O presente artigo tem por objetivo identificar as potencialidades das TIC ao professor, enquanto processo de ensino e aprendizagem. Para responder ao problema de pesquisa foi realizado uma revisão bibliográfica de publicações que tratam do tema: TIC e educação. Na sociedade atual, o homem se depara com o forte crescimento tecnológico, isso faz com que se mude o modo como o ser humano se relaciona em sociedade e, faz pensar em novas práticas de ensino, pois o aluno, atualmente, está cada vez mais inserido no contexto tecnológico. As crianças do século XXI, conhecidas como a nova geração, são nativas as TIC e, costumam fazer uso constante. Pensar a educação e novas práticas de ensino, é necessário e importante, pois a metodologia tradicional, baseada na utilização do giz, quadro negro e livros não atende mais aos anseios e muito menos, a necessidade, de crianças que frequentam as escolas brasileiras. O tablet, Datashow e principalmente o computador são alguns recursos que, apropriados de forma correta pelo professor poderão potencializar a prática pedagógica. Portanto, cabe ao docente buscar fazer uso das TIC, para que consiga trazer o aluno para o contexto escolar, trabalhar a formação crítica e a construção de sua autonomia.


Texto completo:

PDF

Referências


COSTA. M. C. C. Educação e comunicação: textos, imagens e redes. Comunicação & educação. N 2 Jul/Dez 2012.

______, M. C. C. Educomunicador é preciso. Disponível em:

http://www.usp.br/nce/wcp/arq/textos/7.pdf Acesso em: 25 de Set. de 2017.

FERREIRA, S.; MARTINS, A. P.L. O processador de texto como ajuda tecnológica eficaz para alunos com dificuldades de aprendizagem específicas. EDUSER: revista de educação, Vol 1, 2009.

Gil, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. - São Paulo: Atlas, 2002.

MIRANDA, G. L. Limites e possibilidades das TIC na educação. SISIFO – Revista de Ciências da Educação. N.º 03 mai/ago 2007.

MORAIS, G. M. S. Novas tecnologias no contexto escolar. Comunicação & Educação. São Paulo, 15 a 21, maio/ago. 2000.

MOREIRA, A. P.; LOUREIRO, J.; MARQUES, L. Percepções de professores e gestores de escolas relativas aos obstáculos à integração das TIC no ensino das ciências. Enseñanza de Las Ciencias, 2005.

PALAGI, A. M. M. Formação de Professores em tecnologias digitais em diálogo com as políticas públicas no estado do Paraná. 2016. Tese de Doutorado (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências Humanas, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS, São Leopoldo.

PONTE, João Pedro. Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores. Que desafios? IN: Revista Iberoamericana de educación. Nº 24, p. 63-90, 2000.

RUARO, L. M. Educação para e com a mídia – Análise da utilização das tecnologias da informação e comunicação na rede pública de educação. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Teologia e Cinências Humanas, Pontifícia Universidade Católica – PUC, Curitiba.

TEIXEIRA, C. M. F. Inovar é preciso: Concepções de inovação em educação. Disponível em: http://portal.pmf.sc.gov.br/arquivos/arquivos/pdf/14_02_2011_13.47.21.977d2f60a39aa3508f154136c6b7f6d9.pdf Acesso em: 25 de Set. de 2017.

VALENTE, J. A. Diferentes usos do computador na educação. Disponível em: http://ffalm.br/gied/site/artigos/diferentesusoscomputador.pdf Acesso em: 25 de Set. de 2017.




DOI: https://doi.org/10.30612/eadtde.v6i8.8115

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.