Políticas públicas de saúde: apontamentos sobre o programa saúde na escola

Luis Eduardo Pit

Resumo


O presente artigo busca apresentar o Programa Saúde na Escola (PSE) implantado pelo decreto presidencial nº 6.286/2007, com a finalidade de empregar um novo modelo de política integral e articulada nas áreas de Educação e Saúde. Destaca-se neste estudo os principais desdobramentos do Programa Saúde na Escola, visto que já passou por diversos períodos de ascensão, dificuldade e também estagnação. Este trabalho seguiu uma abordagem qualitativa e de cunho bibliográfico. Conclui-se que através do PSE a escola pode desenvolver parcerias com a comunidade com vistas a desenvolver ações para a promoção, proteção e prevenção da saúde, no entanto, este programa enfrenta diversos desafios que muitas vezes comprometem a qualidade das ações desenvolvidas pelo programa nas escolas.

Palavras-chave


Educação. PSE. Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Ministério da Educação. Programa Saúde da Escola. Disponível

em: http://portal.mec.gov.br/programa-saude-da-escola/.Acesso em 01 de Novembro de 2015.

______________________________. Agenda Educação e Saúde: Programa Saúde na Escola. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Brasília: Ministério da Educação, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Saúde na escola/Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2009.

________________________. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Passo a passo PSE: Programa Saúde na Escola: tecendo caminhos da intersetorialidade/Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica, Ministério da Educação. – Brasília: Ministério da Saúde, 2011. 46 p.: il. – (Série C. Projetos, programas e relatórios). Disponível em:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/passo_a_passo_programa_saude_escola.pdf acesso em 18 de Jan de 2016.

________________________. Revista Brasileira Saúde da Família/Brasília. Ano 12, n.31, jan. / abr. 2012.

________________________. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Programa Saúde na Escola. Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2008.

BRASIL. Presidência da República. Decreto Nº 6286, de 05 de dezembro de 2007. Institui o Programa Saúde na Escola - PSE, e dá outras providências [Internet]. Brasília: Casa Civil; 2007 [citado 2014 Jun 10]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6286.htm acesso em 20 de Dez de 2015.

CONZATTI, M.; FLORES, M. L. R; TOLEDO, L (orgs.). Cidade Educadora: a experiência de Porto Alegre. São Paulo: Cortez, 2004.

CORDEIRO, J.C. Reseña del livro Desborde criativo: estilos y estratégias para la transformación social. Revista cuadimestral de ciências sociales. Facultad de Ciências Políticas y Sociología. Universidad Complutense, Madrid, v. 45, n.1, p.281-283, ene.-abr. 2008.

FERREIRA, I.R.C; RAMOS, V. D. S; JORGE, M. S.; TETU, M.S. Diplomas Normativos do Programa Saúde na Escola: análise de conteúdo associada à ferramenta. Ciênc. saúde coletiva 2012, Dez.

FIGUEIREDO, T. A. M.; MACHADO V. L. T.; ABREU M. M.I.S. A saúde na escola: um breve resgate histórico. Ciênc. saúde coletiva, 2010 15( 2 ): 397-402.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5ª Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GOMES, C.M; HORTA, N.C. Promoção de Saúde do adolescente em âmbito escolar. Rev. APS, Juiz de Fora, v.13, n.4, p.486-499, out./dez. 2010.

GOMES, L. C. O desafio da intersetorialidade: a experiência do Programa Saúde na Escola (PSE) em Manguinhos, no Município do Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado) – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Rio de Janeiro, 2012.

KELL, M.C.G; SHIMIZU, H.E. Existe trabalho em equipe no programa Saúde da Família? Ciência & Saúde Coletiva, v. 15, (supl. 1), p. 1533-1541, 2010.

LIBERAL, E. F.; KUSCHNIR, F.; SANTOS, D. O.; et al. Projeto Saúde Na Escola: Uma Iniciativa Bem Sucedida De Educação Em Saúde Nos Cieps Do Estado Rio De Janeiro, 2014. Disponível em: http://www.prac.ufpb.br/anais/Icbeu_anais/anais/saude/cieps.pdf acesso

em 23 de Dez de 2015.

LOPES, G.T; BERNARDES, M.M.R; ACAUAN L.V; FELIPE I.C.V, CASANOVA E.G; LEMOS B.K.J. O enfermeiro no ensino fundamental: desafios na prevenção ao consumo de álcool. Esc. Anna Nery [Internet]. 2007. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452007000400025 acesso em 25 de Jan de 2016.

MARTINS, A. A. A.; ALBUQUERQUE, G. A.; BEZERRA, I. M. P.; ANTÃO, J. Y. F. L.; ABREU, L. C.; MACHADO, M. F. A. S.; DANTAS, M. N. L.. PROGRAMA SAÚDE NAS ESCOLAS: O OLHAR DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE. In: II Congresso Online de Gestão, Educação e Promoção da Saúde- II CONVIBRA SAÚDE, 2013. PROGRAMA SAÚDE NAS ESCOLAS: O OLHAR DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE, 2013.

MOYSÉS, S. T & W. R. Promoção de saúde bucal: definições. In: BUISCH, IVONE (Org). Promoção de saúde bucal na clínica odontológica, São Paulo: Santos, 2000.

SILVA, C., S., Promoção da saúde na escola: Modelos Teóricos e desafios da Intersetorialidade no município do Rio de Janeiro, Tese de Doutorado, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Rio de janeiro, sn., 2010, 198f.

SILVA JUNIOR, A J. Programa saúde na escola: limites e possibilidades intersetoriais. Interface (Botucatu), 2014, 18( 51 ): 799-799.

SILVA, N. de S. Programa Escola Integrada: Desafios e possibilidades para gestão escola. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora, 2013.

SILVEIRA, G. T.; PEREIRA, I. M. T. B. Escolas Promotoras de Saúde ou Escolas Promotoras de Aprendizagem/Educação? In: LEFEVRE, F.; LEFEVRE, A. M. C. Promoção de Saúde ou a negação da negação. Rio de Janeiro: Vieira & Lent, 2004. p. 119-33.

TORRES, C. A. BARBOSA, S. M. SILVA, K. L. VIEIRA, N. F.C. PINHEIRO, P. N. C. Enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família de Fortaleza: Conhecimentos e Impressões acerca da Promoção da Saúde do Adolescente Escolar. Transformação Social e Sustentabilidade ambiental. Congresso Brasileiro de Enfermagem. Fortaleza – CE, 2009.

VALADÃO, M. M. Saúde na Escola: um campo em busca de espaço na agenda intersetorial. Tese (Doutorado) apresentada à Universidade de São Paulo – Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, 2004.

VIEIRA, A. C. da C.; VIEIRA, V da S. A necessidade de capacitação dos profissionais do programa saúde na escola para inclusão de orientações posturais preventivas no âmbito escolar. Ciência em Tela. V. 4, n. 2, 2011. Disponível em: http://www.cienciaemtela.nutes.ufrj.br/artigos/0211_vieira.pdf Acesso em: 20 de Jan de 2016.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.