O processo de desenvolvimento de escrita no ensino superior: um olhar sobre o licenciando em Letras

Elisa Cristina Amorim Ferreira, Denise Lino de Araújo

Resumo


Neste artigo, abordamos indícios da aprendizagem de escrita acadêmica em curso de licenciatura, a partir de corpus coletado com um licenciando em Letras, demandado a escrever gêneros acadêmicos durante os três primeiros períodos letivos do seu curso superior, mas sem necessariamente ter sido apresentado à estrutura prototípica, aos temas, às sequências dos gêneros solicitados ou a formas de manifestação autoral. Observamos, então, as estratégias linguísticas usadas por esse sujeito quanto às sequências analíticas próprias da resenha, do artigo de opinião e do relato de observação, caracterizadas pela informatividade, argumentatividade e correlação com o discurso científico, por serem aquelas que revelam a inserção (ou não) do sujeito na comunidade discursiva de referência. Como resultado, verificamos que a aprendizagem da escrita acadêmica deu-se em etapas a partir da apropriação de especificidades da escrita nessa esfera, principalmente da unidade retórica da análise.

Palavras-chave


Aprendizagem de escrita. Escrita acadêmica. Ensino Superior.

Texto completo:

PDF

Referências


BAWARSHI, A. S.; REIFF, M. J. Gênero: história, teoria, pesquisa, ensino. Tradução Benedito Gomes Bezerra [et al.]. 1 ed. São Paulo: Parábola, 2013.

BEZERRA, B. G. A resenha acadêmica em uso por autores proficientes e iniciantes. In: BIASI-RODRIGUES, B.; ARAÚJO, J. C.; SOUSA, S. C. T. (Orgs.). Gêneros textuais e comunidades discursivas: um diálogo com John Swales. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

BEZERRA, B. G. Letramentos acadêmicos na perspectiva dos gêneros textuais. Fórum Linguístico, Florianópolis, v. 9, n. 4, p. 247-258, out./dez, 2012. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2013.

BHATIA, V. K. A análise de gêneros hoje. In: BEZERRA, B. G.; BIASI-RODRIGUES, B.; CAVALCANTE, M. M. (Orgs.). Gêneros e sequências textuais. Recife: Edupe, 2009.

BIASI-RODRIGUES, B.; HEMAIS, B.; ARAÚJO, J. C.. Análise de gêneros na abordagem de Swales: princípios teóricos e metodológicos. In: BIASI-RODRIGUES, B.; ARAÚJO, J. C.; SOUSA, S. C. T. Gêneros textuais e comunidades discursivas: um diálogo com John Swales. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

BONINI, A.; FIGUEIREDO, D. C. Letramento e escrita acadêmica: uma experiência com o artigo de pesquisa. In: TFOUNI, L. V. (Org.). Letramento, escrita e leitura: questões contemporâneas. Campinas-SP: Mercado de Letras, 2010.

BAZERMAN, C. Gêneros textuais, tipificação e interação. São Paulo: Cortez, 2005.

__________. Gênero, Agência e Escrita. São Paulo: Cortez, 2006.

__________. Escrita, Gênero e Interação social. São Paulo: Cortez Editora, 2007.

BRONCKART, J-P. Atividade de linguagem, discurso e desenvolvimento humano. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2006.

GIUDICE, J.; MOYANO, E. Apropiación del discurso de la economia: análisis evolutivo de um caso. In: BARBARA, L.; MOYANO, E. (Orgs.). Textos e linguagem acadêmica: explorações sistêmicas funcionais em espanhol e português. Campinas-SP: Mercado de Letras, 2011.

MILLER, C. Estudos sobre: gênero textual, agência e tecnologia. Recife: Ed. Universitária da UFPE, 2009.

MOTTA-ROTH, D. Rhetorical features and disciplinary cultures: a genre-based study of academic book reviews in linguistics, chemistry and economics. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1995.

MOTTA-ROTH, D; HENDGES, G. R. Produção textual na universidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

SCARPA, E. M. Aquisição da Linguagem. In: MUSSALIM, F.; BENTES, A. C. (Orgs.). Introdução à linguística: domínios e fronteiras. São Paulo: Cortez, 2001.

SILVA, J. R. Relato de Experiência Didática: elementos para a descrição e ensino do gênero. 90f. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Linguística). - Universidade Federal da Paraíba – UFPB. João Pessoa, Paraíba. 2002.

SWALES, J. M. Genre analysis: English in academic and researching setting. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

__________. Sobre modelos de análise do discurso. In: BIASI-RODRIGUES, B.; ARAÚJO, J. C.; SOUSA, S. C. T. (Orgs.). Gêneros textuais e comunidades discursivas: um diálogo com John Swales. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

UAL. Projeto Pedagógico Curso de Licenciatura em Letras: Língua Portuguesa. Centro de Humanidades - CH. Unidade Acadêmica de Letras - UAL. Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, 2011.

WILSON, V. A construção discursiva e identitária na escrita acadêmica. In: ALMEIDA, F. A.; GONÇALVES, J. C. (Orgs.). Interação, contexto e identidade em práticas sociais. Niterói, RJ: Eduff. 2009.




DOI: https://doi.org/10.30612/raido.v11i27.5558

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.