Possibilidades formativas em educação física na perspectiva inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/eduf.v11iesp.2.16490

Palavras-chave:

Educação Física, Formação inicial, Pessoas com deficiência, Atividade física adaptada

Resumo

O presente trabalho é resultado dos desdobramentos do curso de extensão Corpo, Formação Humana e Sociedade, e teve como objetivo refletir sobre a formação inicial do professor de Educação Física para atuar junto às pessoas com deficiência. Assim, a partir de um ensaio teórico, as autoras iniciam refletindo sobre a temática do corpo, formação humana e sociedade e sua intersecção com a formação inicial de professores de Educação Física a partir das quais são apresentadas conceituações, bases teóricas e pesquisas recentes em formação inicial da área. Para finalizar, são apresentadas possibilidades e estratégias para formar professores sensíveis à temática da inclusão. Tais sugestões resultam de trabalhos de conclusão de curso, relatos e das experiências didáticas das pesquisadoras e estão organizadas a partir dos eixos: experiências nos estágios supervisionados, extensão universitária e formação para atuar na perspectiva do trabalho colaborativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Santos de Oliveira, Universidade Federal de São Carlos

Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR).

Jacqueline da Silva Nunes, Universidade Federal da Grande Dourados

Universidade da Grande Dourados (UFGD).

Josiane Fujisawa Filus de Freitas, Universidade Federal da Grande Dourados

Universidade da Grande Dourados (UFGD).

Patricia Rossi-Andrion, Universidade Federal de São Carlos

Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR).

Referências

ALMEIDA, P. P. Esporte paralímpico escolar: a experiência de uma aluna no bocha adaptado. 2019. Monografia (Trabalho de Conclusão do Curso de Educação Física) – Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução n. 6, de 18 de dezembro de 2018. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Educação Física. Brasília, DF: MEC; CNE, 2018a. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2018-pdf/104241-rces006-18/file Acesso em: 16 maio 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução n. 07 de 18 de dezembro de 2018, do Conselho Nacional de Educação (CNE), estabelece as Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira e regimenta o disposto na Meta 12.7 da Lei n. 13.005/14. Brasília, DF: MEC; CNE, 2018b. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/55877808. Acesso em: 25 maio 2021.

CASTRO; M. M. C.; AMORIM, R. M. A. A formação inicial e a continuada: diferenças conceituais que legitimam um espaço permanente de vida. Caderno Cedes, v. 35, n. 95, p. 37- 55, abr. 2015.

CHICON, J. F.; PETERLE, L. L.; SANTANA, M. A. G. Formação, Educação Física e Inclusão: um estudo em periódicos. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 36, n. 2, supl., p. S830-S845, abr./jun. 2014.

COATES, J. K. Teaching inclusively: are secondary physical education student teachers sufficiently prepared to teach in inclusive environments? Physical Education and Sport Pedagogy, v. 17, n. 4, p. 349-365, 2012.

DENARI, F. E. Diversidade, deficiência, autonomia escolar: de volta ao começo? In: MARTINS, S. E. S. O. GIROTO, C. R. M.; C.B.G. (org.). Diferentes olhares sobre a inclusão. Marília, SP: Oficina Universitária.

DUCHANE, K. A. et al. Pre-service Physical Educator attitude toward teaching students with disabilities. Clinical Kinesiology, v. 3, n. 62, p. 16-20, 2008.

FIORINI. M. L. S.; MANZINI, E. J. Inclusão de alunos com deficiência na aula de educação física: identificando dificuldades, Ações e Conteúdos para Prover a Formação do Professor. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, v. 20, n. 3, p. 387-404, jul./set. 2014. DOI: 10.1590/S1413-65382014000300006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbee/v20n3/05.pdf. Acesso em: 30 maio 2021.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 32. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

GILON, F. S.; CARDOSO, A. L. Um olhar sobre a formação em educação inclusiva na matriz curricular do curso de Licenciatura em Educação Física. EFDeportes.com, Revista Digital, Buenos Aires, ano 19. n. 194, jul. 2014. Disponível em: https://efdeportes.com/efd194/educacao-inclusiva-na-matriz-curricular-em-educacao-fisica.htm. Acesso em: 30 maio 2021.

GONZAGA, F. S. Festival Paralímpico: a participação dos alunos do curso de Educação Física da UFGD. 2020. Monografia (Trabalho de Conclusão do Curso de Educação Física) – Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2020.

HODGE, S. R.; TANNEHILL, D.; KLUGE, M. A.Exploring the meaning of practicum experiences for the PETE students. Adapted Physical Activity Quarterly, v. 20, p. 381-399, 2002.

JEONG, M. Pre-service Physical Educator attributes and confidence: In teaching individuals with disabilities. Palaestra, v. 27, n. 4, p. 11-13, 2013.

KOWALSKI, E. Implementing IEP or 504 goals and objectives into General Physical Education. Journal of Physical Education, Recreation & Dance, v. 76, n. 7, p. 3-37, 2005.

KWON, E. H. Status of introductory APE course and infusion in PETE program. Palaestra, v. 32, n. 1, p. 32-39, 2018.

LAYNE, T. E.; BLASINGAME, J. Analysis of a physical education teacher education field experience of working one-on-one with students with severe and profound. The Physical Educator, v. 75, p. 683-700, 2018.

LOUZADA, J. C. A. Inclusão educacional: Em foco a formação de professores de Educação Física. 2016. 127 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Filosofia e Ciência, Universidade Estadual Paulista, Marília, SP, 2016.

LYTLE, R. K. Teaching collaboration and consultation skills to preservice adapted physical education teachers. Journal of Physical Education, Recreation & Dance, v. 74, n. 5, p. 49-53, 2003.

MAHL, E. Programa de formação continuada para professores de Educação Física: Possibilidades para a construção de saberes sobre a inclusão de alunos com deficiência. 2016. 268f. Tese (Doutorado em Educação Especial) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP, 2016.

MELO, F. P; MUNSTER, M. A. Handebol em cadeira de rodas: caminhos percorridos pelo PROAFA/ UFSCar. Revista Adapta, Presidente Prudente, v. 10, n. 1, p. 35-40, jan./dez. 2014.

MUNSTER, M. A. et al. Plano de ensino individualizado aplicado à educação física: validação de inventário na versão em português. Revista da Sobama, Marília, v. 15, n. 1, p. 43-54, jan./jun. 2014. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/sobama/article/view/4186. Acesso em: 20 maio 2021.

NARDO, M. et al. Attitudes of preservice physical educators toward individuals with disabilities at University Parthenope of Napoli. Acta Gymnica, v. 44, n. 4, p. 211-221, 2014.

NUNES, J. S. Formação de professores de educação física para a educação inclusiva: práticas corporais para crianças autistas. 2019. 221 f. Tese (Doutorado em Educação e Diversidade) – Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2018.

OLIVEIRA, P. S.; MUNSTER, M. A. Consultoria colaborativa como estratégia para inclusão de estudantes com deficiência no contexto escolar. In: ALVES, M. L. T.; FIORINI, M. L; JUNIOR, R. V. (org.) Educação Física, Diversidade e Inclusão: Debates e práticas possíveis na escola. Curitiba: Appris, 2019.

OLIVEIRA, P.S. Consultoria colaborativa como estratégia para promover inclusão escolar em aulas de educação física. 2018. 182 f. Tese (Doutorado em Educação Especial) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP, 2018.

PLETSCH, M. D. A formação de professores para a educação inclusiva: legislação, diretrizes políticas e resultados de pesquisas. Educ. rev., Curitiba, n. 33, p. 143-156, 2009. DOI: 10.1590/S0104-40602009000100010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/VNnyNh5dLGQBRR76Hc9dHqQ/abstract/?lang=pt. Acesso em: 06 maio 2021.

RODRIGUES, B. M. A. Uma vivência de vôlei sentado na educação física escolar. 2019. Monografia (Trabalho de Conclusão doCurso de Educação Física) – Universidade Federal da Grande Dourados, MS, 2019.

RODRIGUES, D; LIMA-RODRIGUES, L. Educação Física: formação de professores e inclusão. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 12, n. 2, p. 317-333, maio/ago. 2017. Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa. Acesso em: 06 jun. 2021.

ROSSI-ANDRION, P. VILARONGA C. A. R.; MUNSTER, M. A. Formação Profissional Inicial em Atividade Física Adaptada: Análise da produção científica Internacional. Movimento, Porto Alegre, v. 25, e25056, 2019.

ROSSI-ANDRION, P.; MUNSTER, M. A. Formação profissional em Educação Física Adaptada: um estudo de caso. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM EDUCAÇÃO ESPECIAL, 8., 2013, Londrina. Anais [...]. Londrina, PR, 2013.

ROSSI–ANDRION, P.; MUNSTER, M. A. Formação inicial em educação física na perspectiva Inclusiva: A percepção de licenciandos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL, 7., 2019, Bauru. Anais [...]. Bauru, SP: UNESP, 2019. Tema: Educação pública como direito: desafios e perspectivas no Brasil Contemporâneo.

SALERNO, M. B. et al. Formação profissional em educação física: questionamentos sobre inclusão educacional. In: GAIO, R.; SEABRA JUNIOR, L.; DELGADO, M. A. (org.) Formação profissional em Educação Física. 1. ed. Jundiaí, SP: Fontoura, 2013. p. 190-206.

SALERNO, M. B. et al. O conceito de inclusão de discentes de educação física de universidades públicas do estado de são paulo no contexto social da sua prática. Movimento, Porto Alegre, p. 721-734, set. 2018. ISSN: 1982-8918. DOI: 10.22456/1982-8918.78055. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/78055. Acesso em: 31 out. 2020.

SILVA, C. S.; DRIGO, A. J. Educação Física Adaptada: Implicações curriculares e formação profissional. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

TINDALL, D. Pre-service teachers' attitudes towards childrens with disabilities: An Irish perspective. European Physical Education Review, v. 21, n. 2, p. 206-221, 2015. DOI: 10.1177/1356336X14556861. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1356336X14556861. Acesso em: 20 maio 2021.

VICKERMAN, P.; COATES, J. K. Trainee and recently qualified physical education teachers’ perspectives on including children with special educational needs. Physical Education and Sport Pedagogy, v. 14, n. 2, p. 137-153, 2009.

WILKINSON, S. et al. Student teacher experiences in a service-learning project for children with attention-deficit hyperactivity disorder. Physical Education and Sport Pedagogy, v. 18, n. 5, p. 475-491, 2013.

WOODRUFF, E. A.; SINELNIKOV, O. A. Teaching young adults with disabilities through service learning. European Physical Education Review, v. 21, n. 3, p. 292-308, 2015. DOI: 10.1177/1356336X14564171. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1356336X14564171?journalCode=epea. Acesso em: 20 maio 2021.

Publicado

2021-11-30

Como Citar

OLIVEIRA, Patricia Santos de; NUNES, Jacqueline da Silva; FREITAS, Josiane Fujisawa Filus de; ROSSI-ANDRION, Patricia. Possibilidades formativas em educação física na perspectiva inclusiva. Educação e Fronteiras, Dourados, v. 11, n. esp.2, p. e021032, 2021. DOI: 10.30612/eduf.v11iesp.2.16490. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/educacao/article/view/16490. Acesso em: 17 jul. 2024.