Uma análise do conceito de interdisciplinaridade no ensino CTS brasileiro

Ana Paula de Carvalho Silveira, Taís Conceição dos Santos, Alvaro Chrispino

Resumo


Pensar na área de CTS requer um olhar interdisciplinar para a apreensão da realidade estudada, isso porque a raiz do estudo CTS está diretamente ligada à multiplicidade de olhares, assim como preconiza a interdisciplinaridade. Nesse sentido, torna-se importante compreender como os autores da área de ensino CTS apreendem a definição de interdisciplinaridade. Desta forma, este artigo, que faz parte de uma pesquisa mais ampla, tem como objetivo analisar o conceito de interdisciplinaridade presente nos artigos sobre ensino CTS em periódicos brasileiros. Para o desenvolvimento desta pesquisa, foram consultados 323 artigos encontrados em 31 revistas brasileiras de ensino e educação, indexadas com Qualis A1, A2 e B1 pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), publicados de 1996 a 2018. A fim de estabelecer um recorte metodológico, pesquisou-se, neste conjunto, trabalhos relacionados à interdisciplinaridade, resultando em 13 artigos que apresentam e/ou indicam o conceito, a visão de interdisciplinaridade e que constituíram o objeto deste trabalho. Através da pesquisa, foi possível categorizar as visões de interdisciplinaridade em três categorias, a saber: integração, cooperação e pressupostos freirianos. Nesse sentido, cabe ressaltar que a maioria dos autores entendem a interdisciplinaridade como integração seja das áreas ou das diversas dimensões do conhecimento.


Palavras-chave


Interdisciplinaridade. Educação CTS. Ensino de ciências.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/eduf.v9i25.11020

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.