Reflexões sobre a leitura e a formação do sujeito leitor: um olhar discursivo para o livro didático de língua portuguesa

Autores

  • Luiz Antonio Xavier Dias UENP - Universidade Estadual do Norte do Paraná
  • Aldimeres Ferraz da Silva Seed - Secretaria do Estado da Educação

DOI:

https://doi.org/10.30612/arredia.v7i12.8385

Palavras-chave:

Análise do Discurso. Livro didático. Leitores.

Resumo

Por meio da Análise de Discurso de linha franco-brasileira, o presente estudo analisa a leitura e a formação do sujeito leitor em sala de aula, por meio de um olhar crítico para o livro didático de Língua Portuguesa, especificamente, para a verificação das questões e da constituição do livro didático. Preocupa-nos saber se a presente obra intenciona ou não formar leitores competentes, conforme anuncia o PNLD. Nosso corpus de pesquisa é o primeiro capítulo do livro didático (manual do professor) intitulado Português, Linguagens de William Roberto Cereja e Thereza Cochar Magalhães destinado ao 6º ano do ensino fundamental II e disponibilizado pelo FNDE por meio do PNLD. A pesquisa é documental e dedutiva, partindo da análise dos documentos para hipóteses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Antonio Xavier Dias, UENP - Universidade Estadual do Norte do Paraná

Doutorando e Mestre em Estudos da Linguagem - área Letras/Linguística da Universidade Estadual de Londrina- UEL. Professor do Centro de Letras, Comunicação e Artes do Curso de Letras, da UENP - Universidade Estadual do Norte do Paraná. Pesquisador do Grupo de Pesquisa Leitura e Ensino da mesma IES e docente de cursos como PARFOR e PDE.

Aldimeres Ferraz da Silva, Seed - Secretaria do Estado da Educação

Mestranda em Estudos da Linguagem pela Universidade Estadual de Londrina. Membro do Grupo de Pesquisa Leitura e Ensino da Universidade Estadual do Norte do Paraná.

Referências

BARTHES, Roland. O Rumor da língua. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BRASÍLIA - DF. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Ministério da Educação. Programa Nacional do Livro Didático. 2012. Disponível em: http://www.fnde.gov.br/programas/livro-didatico. Acesso em: 31 jul. 2016.

CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Português: Linguagens. 9. ed. São Paulo: Saraiva, 2016. Suplementado pelo manual do professor.

COLOMER . Teresa. Andar entre livros: a leitura literária na escola. Trad. Laura Sandroni. São Paulo: Global, 2007.

CORACINI, Maria José (Org.). Interpretação, autoria e legitimação do livro didático. Campinas-sp: Pontes, 2011. 176 p.

MIQUELETTI, Eliane Aparecida; LÍMOLI, Loredana. A sociossemiótica e os enunciados sobre os indígenas proferidos por professores não indígenas. In: SCOPARO, Tânia Regina Montanha Toledo et al. (ORG). Estudos em linguagens: diálogos lingüísticos, semióticos e literários. V. 2. Rio de Janeiro: Multifoco, 2016. p. 193- 208.

MOTTA-ROTTH, Desirée; HANDGES, Graciela Rabuske. Produção textual na universidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

ORLANDI, Eni Pulcinelli. A linguagem e seu funcionamento: As formas do discurso. 2. ed. Campinas-sp: Pontes, 1987.

ORLANDI, Eni Pulcinelli. Segmentar ou recortar. Linguística: Questões e Controvérsias, Centro de Ciências Humanas e Letras da Faculdades Integradas de Uberaba. Série de Estudos n. 10, p. 9-27, 1984.

Downloads

Publicado

19/12/2018

Como Citar

Dias, L. A. X., & Silva, A. F. da. (2018). Reflexões sobre a leitura e a formação do sujeito leitor: um olhar discursivo para o livro didático de língua portuguesa. ArReDia, 7(12), 20–32. https://doi.org/10.30612/arredia.v7i12.8385

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)