As origens do rei Artur, segundo Thomas Malory: considerações sobre o feminino na prosa do século XVI

Marcia Maria Medeiros

Resumo


Thomas Malory é uma das mais representativas figuras da literatura inglesa, pela contribuição que sua obra em prosa representa para a literatura mundial. O texto de Malory recria o ambiente do romance de cavalaria em um momento histórico no qual o fenômeno da cavalaria já havia visto seu ocaso. La muerte de Arturo revela além da prosa eloquente de seu autor, que o mesmo possuía um enorme conhecimento em relação aos romances de cavalaria anteriores ao seu texto, os quais se encontram compilados e rearranjados em sua obra. Esse artigo pretende apresentar a questão das origens do rei Artur, analisando a condição feminina nesse processo.

Palavras-chave


Literatura medieval. Cultura. Mulheres.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.