Sinais-termo: uma proposta de ficha terminológica para a tradução de termos técnicos da disciplina curricular Língua Portuguesa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/raido.v15i39.14934

Resumo

Nos estudos em Terminologia estão contempladas as pesquisas concernentes à unidade lexical especializada a partir de múltiplos olhares. O presente artigo volta-se à terminologia especializada do ensino da disciplina curricular Língua Portuguesa no âmbito do Ensino Médio. O objetivo deste trabalho é apresentar a proposta de quatro modelos de fichas terminológicas que deverão servir para a constituição de um glossário bilíngue, duas tendo como língua de partida a Língua Portuguesa e duas tendo a Língua Brasileira de Sinais (Libras), para abrigar a microestrutura de verbetes cujas entradas se refiram à termos especializados e a sinais-termos simples e compostos relacionados ao ensino da disciplina Língua Portuguesa, coletados em material didático referente à fase do Ensino Médio. Os termos que apresentaremos como exemplo para demonstração das fichas, em português e no equivalente em Libras, são verbo e figuras de linguagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, Maria Aparecida. “Terminologização, vocabularização, cientificidade, banalização: relações.” Acta Semiótica et linguística. v. 7, n. 1 (1998): 25-44. Portal de Periódicos da UFPB. 19/01/2019. <https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/actas/article/view/16904/9628>

BIDERMAN, Maria Tereza Camargo. “Dimensões da palavra”. Filologia e Lingüística Portuguesa. N. 2 (1998): 81-118. Portal de Periódicos da USP. 15/12/1018. < http://www.revistas.usp.br/flp/article/view/59660>

BIDERMAN, Maria Tereza Camargo. Teoria linguística: teoria lexical e linguística computacional. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001. (Impressa)

BRANDÃO, Flávia. Dicionário Ilustrado de Libras. São Paulo: Global Editora, 2011. (Impressa)

CAPOVILLA, Fernando César. Et al. Dicionário da Língua de Sinais do Brasil: a Libras em suas mãos. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2017. (Impressa)

CUNHA, Antônio Geraldo da. Dicionário etimológico da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lexikon Editora Digital, 2007. (Impressa)

FAULSTICH, Enilde. “Da linguística histórica à terminologia”. Investigações. V. 7, p. 71-101, Recife, 1997. (Impressa),

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Dicionário Eletrônico Aurélio. Curitiba: Positivo: 2004. (Impressa)

FINATTO, Maria José Bocorny. “Orientações para a terminografia: das teorias às práticas em busca de amplitude da informação terminológica.”. In: ISQUERDO, A. N. ; DAL CORNO, G. O. M. (orgs). As ciências do léxico: lexicologia, lexicografia, terminologia - volume VII – Campo Grande, MS: Ed. UFMS, 2014. (Impressa)

ORMUNDO, Wilton; SINISCALCHI, Cristiane. Se liga na língua: literatura, produção de texto, linguagem. 1. Ed. São Paulo: Moderna, 2016. (Impressa)

SOUZA E LIMA, Vera Lúcia. Língua de Sinais: proposta terminológica para a área de Desenho Arquitetônico. Tese de Doutorado em Linguística. Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais. 2014. 278 f. (Impressa)

TUXI, Patrícia dos Santos. A Terminologia na Língua de Sinais Brasileira: proposta de organização e de registro de termos técnicos e administrativos do meio acadêmico em glossário bilíngue. Tese de Doutorado – UnB. Brasília, 2017. 232 f. (Impressa)

Downloads

Publicado

21/12/2021

Como Citar

Castiglioni, A. C. (2021). Sinais-termo: uma proposta de ficha terminológica para a tradução de termos técnicos da disciplina curricular Língua Portuguesa. Raído, 15(39), 156–170. https://doi.org/10.30612/raido.v15i39.14934

Edição

Seção

Estudos do léxico de língua minoritárias