Glossário Looking: as locuções LGBTQIAP+ nas obras audiovisuais do canal HBO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/raido.v15i39.14742

Palavras-chave:

Glossário. Comunidade LGBTQ . Looking

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar o processo de criação de um glossário de locuções LGBTQIAP+ retiradas das legendas das séries e do filme Looking, de Haigh (2014; 2015; 2016), do canal por assinatura HBO. Como etapa de elaboração, discutiu-se, previamente, conceitos basilares para o estudo em vigor, a exemplo da existência de uma linguagem LGBTQIAP+ a partir dos pressupostos de Cameron e Kulick (2003), Souza (2018) e outros; fundamentou-se, igualmente, a pesquisa no campo epistemológico da Lexicografia prática, ciência do léxico, voltada a confecção de obras de referência, tais como dicionários, glossários e vocabulários (cf. HARTMANN; JAMES, 1998; DAPENA, 2002). De modo subsequente, subdividiu-se a metodologia em: revisão de literatura; coleta das locuções e de suas abonações nas legendas das produções audiovisuais mencionadas, via ferramenta Concord do WordsSmith Tools, de Scott (2012); cotejo das locuções inventariadas em um dicionário especializado na linguagem LGBTQIAP+, que serviu como um corpus de exclusão; e, para finalizar, delimitação da microestrutura do glossário, respaldando-se em Biderman (1993; 1984a, 1984b), Coelho (2008) etc. O produto dessa investigação é o Glossário Looking, o qual contém vinte (20) locuções que fazem parte da linguagem LGBTQIAP+ representada na série e no filme. Os resultados corroboram, também, para estudos sobre a linguagem da comunidade supracitada, especialmente o léxico, uma vez que ele só ganha sentido em situações interacionais entre membros do próprio círculo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pauler Castorino, Universidade de São Paulo

Doutorando pelo Programa de Pós-graduação em Filologia e Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo (USP). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Goiás (PPGEL/UFG). E-mail: paulercastorino@usp.br.

Sheila de Carvalho Pereira Gonçalves, Universidade Federal de Catalão

Doutora em Análise Linguística pela UNESP. Professora permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado e Doutorado em Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Catalão (PPGEL/UFCat). E-mail: sheilacpgoncalves@outlook.com.

Vanessa Regina Duarte Xavier, Universidade Federal de Catalão

Doutora em Letras pela USP. Professora permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado e Doutorado em Estudos da Linguagem da Universidade Federal de Catalão (PPGEL/UFCat). E-mail: vrdxavier@gmail.com.

Referências

ABREU, S. P. de. Dicionário Geral de Língua: entre o ‘saber’ e o ‘saber fazer’. In: CATALÁ, S. Á.; BARITÉ, M. (Orgs.). Teoría y praxis en terminología. Montevideo: Bibliotecaplural, 2016. p. 135-150.

BARBOSA, M. A. Dicionário, vocabulário, glossário: concepções. In: ALVES, I. M. (Org.). A constituição da normalização terminológica no Brasil. São Paulo: FFLCH/CITRAT, 2001. p. 23-45.

BIDERMAN, M. T. C. Glossário. Alfa, São Paulo, v. 28, p. 135-144, 1984a.

BIDERMAN, M. T. C. O dicionário padrão da língua. Alfa, São Paulo, v. 28, p. 27-43, 1984b.

BIDERMAN, M. T. C. A definição lexicográfica. Cadernos do IL, Porto Alegre, n. 10, p. 23-43, 1993.

CÂMARA JÚNIOR, J. M. Dicionário de Linguística e gramática: referente à língua portuguesa. Petrópolis: Vozes, 1986.

CAMERON, D.; KULICK, D. Language and sexuality. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

CASSANA, M. F.; ROSA, B. R. da; BOLSAN, G. J. F. Homossexualidades em discurso: o silêncio como causa do apagamento de grupos sociais. Travessias, Cascavel, v. 12, n. 4, p. 105-118, 2018.

COELHO, B. J. Dicionários: estrutura e tipologia. In: COELHO, B. J. Linguagem: Lexicologia e ensino de Português. Catalão: Modelo, 2008. p. 13-43.

DAPENA, J. Á. P. Manual de técnica lexicográfica. Madrid: Arco/Libros, 2002.

FERREIRA, G. B. Representatividade do público LGBTQ+ na publicidade. 2017. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Publicidade e Propaganda, Faculdade Anhanguera, Jacareí, 2017.

XXXXXX, 2015, XXXXXX.

HAENSCH, G. et al. La Lexicografia: de la linguística teórica a la Lexicografia práctica. Madrid: Gregos, 1982.

HARTMANN, R. R. K.; JAMES, G. Dictionary of Lexicography. London & New York: Routledge/Taylor and Francis, 1998.

LOOKING: season 1. Produção de Andrew Haigh. Estados Unidos: HBO, 2014. 1 Streaming.

LOOKING: season 2. Produção de Andrew Haigh. Estados Unidos: HBO, 2015. 1 Streaming.

LOOKING: the movie. Produção de Andrew Haigh. Estados Unidos: HBO, 2014. 1 Streaming.

PASTOR, G. C. Manual de Fraseologia Española. Madrid: Gredos, 1996.

QUEIROZ, A. A. F. L. N.; SOUZA, A. F. L. de. Fórum PrEP: um debate on-line sobre uso da profilaxia pré-exposição no Brasil. Caderno de Saúde Pública, São Paulo, v. 33, p. 1-9, 2017.

RAMPTON, B. Continuidade e mudança nas visões de sociedade em linguística aplicada. In: MOITA LOPES, L. P. da. (Org.). Por uma linguística aplicada indisciplinar. São Paulo: Parábola Editorial, 2006. p. 109-128.

RICHMOND’S HIV rate among highest in U.S. Rvanews, 2014. Disponível em: https://rvanews.com/news/richmonds-hiv-rate-among-highest-u-s/107299. Acesso em: 27 jul. 2018.

SOUZA, G. A. de. Gay language: análise colocacional e a proposta de um glossário bilíngue de colocações baseado em corpus. 2018. 129 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, São José do Rio Preto, 2018.

VIP, A.; LIBI, F. Aurélia, a dicionária da língua afiada. São Paulo: Editora do Bispo, 2013.

WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, T. T. da; HALL, S.; WOODWARD, K. (Orgs.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2014. p. 7-72.

XXXXXX, 2011, XXXXXX.

Downloads

Publicado

21/12/2021

Como Citar

Castorino, P., Gonçalves, S. de C. P., & Xavier, V. R. D. (2021). Glossário Looking: as locuções LGBTQIAP+ nas obras audiovisuais do canal HBO. Raído, 15(39), 101–118. https://doi.org/10.30612/raido.v15i39.14742

Edição

Seção

Estudos do léxico de língua minoritárias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)