A estética do fracasso ou o gênio infecundo: considerações sobre o náufrago, de Thomas Bernhard

Autores

  • Mauro Sergio Apolinário UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

Palavras-chave:

Letras. Filosofia. Artes.

Resumo

A vida talvez seja o que há de mais complexo nas instâncias de compreensão da natureza humana. O que se faz com ela é outra questão relevante nesse aspecto existencial. Thomas Bernhard, genialmente, explora em O Náufrago alguns caminhos que, de certo modo, não levam a lugar algum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauro Sergio Apolinário, UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

Mestrando em Ciência da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Bolsista PROEX da CAPES

Downloads

Publicado

2012-04-13

Como Citar

Apolinário, M. S. (2012). A estética do fracasso ou o gênio infecundo: considerações sobre o náufrago, de Thomas Bernhard. Raído, 5(10), 191–205. Recuperado de https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/Raido/article/view/1322

Edição

Seção

ARTIGOS - LITERATURA E PRÁTICAS CULTURAIS