O gestor escolar frente aos desafios da escolarização dos alunos com deficiência visual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/eduf.v13i00.17629

Palavras-chave:

Administração Escolar, Educação Especial, Formação dos Profissionais de Educação e Políticas Públicas

Resumo

O presente artigo é a apresentação dos resultados da análise de dados da dissertação de Mestrado “O gestor escolar frente aos desafios da escolarização dos alunos com deficiência visual”, cujo objeto foi analisar a importância da atuação do gestor escolar na articulação das políticas públicas educacionais direcionadas aos estudantes com deficiência visual, investigando os desafios e mostrando algumas possibilidades. A metodologia escolhida para a realização da pesquisa foi a Etnografia. Os sujeitos desta pesquisa foram os gestores escolares de duas escolas do município de Colatina (ES), sendo uma escola estadual e outra municipal. Para se chegar aos resultados pretendidos, foram utilizados os instrumentos: observação participante e entrevistas semiestruturadas. Como resultado, foi possível observar que os gestores escolares enfrentam muito desafios para a escolarização dos alunos com deficiência visual, entretanto a maior dificuldade, diz respeito à formação dos professores e dos próprios gestores escolares e a Gestão Democrática é muito importante para o processo de escolarização dos alunos público da Educação Especial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Teixeira Moschen Lievore, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduação em Pedagogia pela Universidade Universidade de Uberaba. Mestrado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação de Mestrado Profissional em Educação (UFES). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da UFES.

Douglas Christian Ferrari de Melo, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduação em Pedagogia (2017) pela Uniube e em História (2003) pela Ufes, Especialização (2004) e Mestrado (2007) em História pela Ufes. Doutor em Educação no Programa de Pós-graduação em Educação pela Ufes.

Referências

ANDRÉ, M. E. D. A. Etnografia da prática escolar. Campinas: Papirus, 1995.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora, 1994.

BORGES, T. C. B. Deficiência visual: dificuldades e estratégias do professor no processo de inclusão escolar no ensino médio.2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Maranhão, São Luís, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF: MEC, SEE, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_ docman&view=download&alias=16690-politica-nacional-de-educacao-especial-na-perspectiva-da-educacao-inclusiva-05122014&Itemid=30192. Acesso em: 30 jul. 2019.

BRASIL. Resolução nº. 4, de 2 de outubro de 2009. Dispõe sobre o diagnóstico e tratamento da dislexia e do Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade na educação básica. Brasília, DF: MEC, 2009.

CAETANO, A. M.; CAETANO, E. S.; ESTEVAM, M. K. D. C. A formação inicial do professor no curso de Pedagogia e a perspectiva de Inclusão Escolar de alunos com deficiência. In: CAETANO, A. M.; ALMEIDA, M. L. Formação e Gestão em Educação Especial: a pesquisa-ação em foco. São Carlos: Pedro e João Editores, 2018.

COLATINA. Plano de Desenvolvimento Institucional da Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria da Luz Gotti. Colatina, 2017a.

COLATINA. Projeto Político-Pedagógico da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio . Colatina, 2017b.

CURY, C. R. J. Direito à educação: direito à igualdade, direito à diferença. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 116, p. 245-262, 2002. DOI: 10.1590/S0100-15742002000200010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/x6g8nsWJ4MSk6K58885J3jd/. Acesso em: 15 jul. 2023.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

LIEVORE, P. T. M. O Gestor Escolar frente aos desafios da escolarização dos alunos com Deficiência Visual. 2020. 147 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, 2020.

MOREIRA, H.; CALEFFE, L. G. Metodologia da pesquisa para o professor pesquisador. Rio de Janeiro:DP&A, 2008.

PARO, V. H. Administração escolar: introdução crítica. 15 ed. São Paulo Cortez, 2008.

PARO, V. H. Diretor escolar: educador ou gerente? São Paulo: Cortez Editora, 2015.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 7 ed. Campinas: Autores Associados, 2000.

VIGOTSKI, L. S. Problemas da defectologia. 1 ed. São Paulo: Expressão Popular, 2021.

Publicado

2023-12-22

Como Citar

LIEVORE, Patrícia Teixeira Moschen; MELO, Douglas Christian Ferrari de. O gestor escolar frente aos desafios da escolarização dos alunos com deficiência visual. Educação e Fronteiras, Dourados, v. 13, n. 00, p. e023022, 2023. DOI: 10.30612/eduf.v13i00.17629. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/educacao/article/view/17629. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua