Infância, gênero, brinquedos e brincadeiras de meninos e meninas

Magda Sarat, Míria Izabel Campos, Edilaine de Mello Macedo

Resumo


O artigo traz uma investigação cujo objetivo foi conhecer e compreender a forma de construir as relações entre as crianças, seus brinquedos e brincadeiras na Educação Infantil. Realizaram-se estudos bibliográficos sobre infância, brinquedos, brincadeiras e gênero; e observação de caráter etnográfico em Pré-Escola do distrito de Indápolis/Dourados/MS. Verificou-se a presença de poucos brinquedos, mas era permitido às crianças levarem-nos de casa. Os meninos brincavam de carrinhos, tratores e colheitadeiras, representando seu cotidiano de crianças da zona rural. As meninas brincavam de casinha, montar prédios e construir utensílios de casa. Em contrapartida, presenciaram-se crianças brincando juntas, transgredindo o que a sociedade considera predeterminado para cada gênero, e concluiu-se que meninos e meninas podem se relacionar de maneiras não sexistas, possibilitando relações de gênero mais igualitárias.

Palavras-chave


Crianças. Relações de gênero. Educação Infantil.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.