OS ESTÁGIOS QUE CONSTITUEM A HISTÓRIA DA PRÉ-ESCRITA: Reflexões a partir dos experimentos realizados com crianças não alfabetizadas

Fatima Aparecida de Souza Francioli

Resumo


Neste artigo apresentamos alguns dados da educação no solo da Revolução Russa de 1917 que contribuíram para o surgimento da teoria histórico-cultural, liderada por Vigostski e desenvolvida por um grupo de pesquisadores russos. Luria, que fazia parte deste grupo, desenvolveu uma pesquisa de espantosa contemporaneidade sobre a escrita, apresentando os diversos estágios da pré-escrita que a criança assimila antes de entrar na escola, considerados fundamentais para a aquisição da linguagem escrita. Para melhor compreender os estágios apresentados por Luria, replicamos os experimentos com algumas crianças, observando pessoalmente os diversos estágios que ela percorre até chegar á escrita simbólica. 


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.