Biografias silenciadas: um percurso semiótico do herói em Lima Barreto e Theodoro Sampaio

Cassia Vanessa Batalha, Daniela Raffo Scherer, Renan Luis Salermo

Resumo


Na tentativa de trazer à tona uma discussão acerca da contribuição dos negros na construção da identidade nacional brasileira, este trabalho analisa o percurso semiótico de duas personalidades: Lima Barreto e Theodoro Sampaio. O primeiro destacou-se na área da literatura e o segundo, na geografia. A trajetória do homem negro no Brasil foi marcada pela luta de forças, traduzida no desequilíbrio entre os sujeitos, marcada pelo discurso da intolerância e pela reprodução de preconceitos – presentes na educação escolar e cujo combate tem sido realizado por meio de políticas educacionais e legislação própria. A semiótica greimasiana serve de arcabouço teórico por meio do qual discutimos o percurso narrativo do herói negro, com vistas a desvelar sua luta e tornar visível sua identidade histórica e cultural em meio a uma história construída pelo pensamento europeizado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/arredia.v6i10.5955



Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.