O processo da reescrita em Haicais de Flora Thomé

Angela Gumieiro

Resumo


Atenta às diversidades em poesia, Flora Thomé se dedica à composição poética oriental e se torna, no Mato Grosso do Sul, a principal divulgadora dessa poesia de origem japonesa. Algumas composições de Haicais, livro de 1999, retomam versos pertencentes a poemas produzidos anteriormente pela autora, em Retratos, de 1993. Neste sentido, o presente texto evidencia um estudo dos poemas que compõem as obras de Flora Thomé: Haicais, de 1999 e Retratos, publicada em 1993, traçando um diálogo entre elas, no que diz respeito ao processo da reescrita como recurso literário empregado na poética da autora.

Palavras-chave


Haicai. Literatura regional. Flora Thomé.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Guilherme de. Poesia vária. São Paulo: Cultrix, 1947.

AMORA, Antônio Soares. Introdução à Teoria da Literatura. São Paulo:

Cultrix, 1973.

BÍBLIA Sagrada. Tradução de João Ferreira de Almeida. Rio de Janeiro:

Imprensa Bíblica Brasileira, 1991.

CALVINO, Ítalo. Seis propostas para o próximo milênio. Tradução de Ivo

Cardoso. São Paulo: Companhia da Letras, 1990.

CANDIDO, Antonio. Ficção e confisão – Ensaios sobre Graciliano Ramos.

Rio de Janeiro: Editora 34, 1999.

COMPAGNON, Antoine. O trabalho da citação. Tradução de Cleonice P. B.

Mourão. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1996.

FRANCHETTI, Paulo. Guilherme de Almeida e a história do haicai no

Brasil. In: ALMEIDA, Guilherme de. Haicais completos. São Paulo: Palas

Athenas, 1996.

________. Haikai - antologia e história. 3. ed. Campinas: Ed. da Unicamp, 1996.

PAZ, Octavio. Signos em rotação. Tradução de Sebastião Uchoa Leite. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 1972.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Fernando Pessoa, Aquém do eu, Além do outro.

São Paulo: Martins Fontes, 2001.

PIRES, Enilda Mougenot. Flora Thomé, a artesã nipo-brasileira. [S.I.: s.n.], 1999.

POUND, Ezra. ABC da literatura. Trad. Augusto de Campos e José Paulo

Paes. São Paulo: Cultrix, 1990.

QUEIROZ, Maria Helena de. A variedade literária na obra poética de

Guilherme de Almeida. 2002. 210 f. Tese (Doutorado em Literaturas de

Língua Portuguesa) – Faculdade de Ciências de Letras, Universidade

Estadual Paulista, Assis, 2002.

REBELO, Marques. Marafa. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, 1935.

THOMÉ, Flora. Haicais. Araçatuba: Gráfica, 1999.

_______. Retratos. Três Lagoas: Fotolitos e Arte Final, 1993.

TORGA, Miguel. Diário. Coimbra: Edições do autor, 1941.






Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.