A função autor-revisor e a reconfiguração do enunciável: um olhar discursivo sobre a reescrita de livros

Adriana Pozzani de La Vielle e Silva

Resumo


Ao focalizar as práticas discursivas do sujeito-autor-revisor, este artigo examina as condições sócio-históricas sob as quais certas parcelas do saber científico perdem sua hegemonia graças ao processo discursivo de reescrita de livros. À luz da Análise do Discurso tradicionalmente pecheutiana, elucidamos os mecanismos ideológicos responsáveis pela continuidade/ruptura de paradigmas no interior das Ciências. A análise permite compreender os modos de reconfiguração do enunciável de uma formação discursiva.

Palavras-chave


Ciência. Autoria. Reescrita. Discurso.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.