Taunay e Alencar no Acervo Literário Arno Philipp

Miquela Piaia

Resumo


O presente artigo é um relato da organização do Acervo Literário Arno Philipp (ALAPH), com a descrição dos itens acervados, onde pretende-se chegar à história da literatura, mais precisamente, ao esclarecimento da presença dos romances de José de Alencar e Visconde de Taunay na comunidade teuto-brasileira da cidade de Panambi (RS). Para o desenvolvimento prático-analítico dos trabalhos, privilegio o Manual de Organização do Acervo Literário de Erico Veríssimo, de autoria da professora Maria da Glória Bordini (1995). Embasada nessa publicação, o material legado pelo Sr. Arno Philipp, foi classificado e disposto em suportes adequados. Devidamente catalogados os 228 itens do acervo já estão disponíveis a demais pesquisadores. O ALAPH poderá despertar novas pesquisas, que outros estudiosos se animem a empreender, sobre o tradutor, sua obra, a época em que viveu, seus contatos, suas leituras etc. O trabalho com acervos literários dá acesso a uma gama de informações, permitindo renovar nossos olhares ao fato literário, à história, à história literária, à leitura, à produção, à recepção de autores e obras, enfim, à literatura enquanto sistema e vida, nunca desvinculada dos processos culturais.

Palavras-chave


Arno Philipp. Colônia Neu-Württemberg. Taunay. Alencar. Literatura Brasileira.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.