Entre o literário e o fílmico: a questão do narrador em Lavoura Arcaica

Rosicley Andrade Coimbra

Resumo


A relação literatura e cinema tem ganhado cada vez mais destaque. São frequentes produções cinematográficas tendo a literatura como fonte. A discussão sobre o quesito fidelidade não se mantem quando o que está em jogo são os possíveis diálogos entre a obra fílmica e a literária. O objetivo deste artigo será o de apontar como se porta a figura do narrador na tradução fílmica da obra Lavoura Arcaica, do escritor Raduan Nassar, feita pelo cineasta Luiz Fernando Carvalho. Através de um recurso marcadamente cinematográfico: a voz, o diretor criou a impressão de um espaço entre o tempo da narrativa e o da narração.

Palavras-chave


Literatura e Cinema. Lavoura Arcaica. Narrador.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.