Brasileiros na Bolívia: identificando motivos da educação transfronteira

Viviane Cristina de Souza, Giselle Cristina Martins Real, Marianne Pereira de Souza

Resumo


Este trabalho tem como objetivo identificar os motivos que levam estudantes brasileiros a ingressarem em instituições de educação superior na Bolívia e está vinculado à pesquisa intitulada “Expansão e qualidade da educação superior na fronteira: efeitos e impactos do MERCOSUL”. A importância da investigação se justifica pelo crescente número de solicitações de revalidação de títulos oriundos de instituições de educação superior bolivianas, o que explicita influência de políticas supranacionais e/ou internacionais no contexto brasileiro. A questão norteadora da pesquisa pode ser assim sintetizada: Quais motivos levam jovens brasileiros a estudarem em instituições de educação superior bolivianas? Para respondê-la, foram adotados como procedimentos metodológicos a revisão bibliográfica e a entrevista. Os dados da pesquisa permitiram inferir que a proximidade geográfica e as condições socioeconômicas foram os principais motivos dos entrevistados estudarem em instituições bolivianas.

Palavras-chave


Política Educacional. Educação Superior. Educação transfronteira.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARES, A. de L. T.; REAL, G. C. M; FERREIRA, J. M. Similitudes e Distanciamentos do Curso de Medicina no Brasil e na Bolívia A Partir da Política de Revalidação de Títulos Médicos. In: ENEPEX- Encontro de ensino, pesquisa e extensão, 291, 2014, Dourados. Anais...UFGD. 2014. p.1-14. Disponível em: http://eventos.ufgd.edu.br/enepex/anais/arquivos/291.pdf. Acesso: 02 de julho de 2016.

BASTOS, L. A. Avaliação do desempenho comercial do MERCOSUL:1994-2005. São Paulo, 2008. Tese (Doutorado em História Econômica). Universidade de São Paulo: FFLCH, 2008.

BRASIL. Portaria Interministerial nº 278 de 17 de março de 2011. Institui o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por universidades estrangeiras (Revalida). Brasília/DF: Diário Oficial da União. 18 de março de 2011. Seção 1, p. 12, nº 53, ISSN 1677-7042. Disponível em: http://www.unir.br/noticias_arquivos/4151_portaria_interministerial_mec.doc_revalidacao_de_diploma_de_medico.pdf. Acesso em: 25 de junho de 2016.

BRASIL. Lei n º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Poder Executivo, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Acreditação de cursos no sistema ARCUSUL. Brasília: MEC. Disponível em: http://portal.mec.gov.br. Acesso em: 14 mar. 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CES nº 8, de 04 de outubro de 2007. Altera o Art. 4º e revoga o art. 10 da Resolução CNE/CES nº 1/2002, que estabelece normas para a revalidação de diplomas de graduação expedidos por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior. Brasília/DF: Diário Oficial da União. 2007. Disponível em: http://www.unb.br/noticias/downloads/ATT00187.pdf. Acesso em: 22 de junho de 2016.

CABRAL, G. P. A integração educacional no âmbito do ensino superior no Mercosul. In: XVI Congresso Nacional do Conselho Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Direito, 2007, Belo Horizonte. Anais..., Florianópolis: Fundação Boiteux, 2007.

CONCEIÇÃO, J. C. A política de revalidação de títulos de graduação no Brasil: uma análise sobre a fronteira Brasil-Paraguai-Bolívia. In: 5º Seminário Nacional Estado e Políticas Sociais. Anais... Cascavel: Unioeste, 2011. Disponível em: http://cac-php.unioeste.br/projetos/gpps/midia/seminario6/arqs/Trab_completos_politicas_educacionais/A_politica_revalidacao_titulos_graduacao_brasil.pdf. Acesso em: 18 de maio de 2016.

CONCEIÇÃO, J. C. A expansão da educação superior e os efeitos no processo de revalidação de títulos de graduação em Mato Grosso do Sul. Dourados, 2013. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Federal da Grande Dourados: UFGD, 2013.

CONAES. Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior. Acreditação de cursos no Sistema Arcu-Sul. Brasília: CONAES, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=871-convite-arquitetura-agronomia2-pdf&Itemid=30192. Acesso: 13 de junho de 2016.

DIAS SOBRINHO, José. Educação superior sem fronteiras cenários da globalização: bem público, bem público global, comércio transnacional? Avaliação, Sorocaba, v. 8, n.4, p. 9-29, dez. 2003.

FERREIRA, J. M.; REAL, G. C. M.; SOUZA, M. P. A educação superior na Bolívia: algumas aproximações a partir de levantamento bibliográfico. In: 8º ENEPEX - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, 2014, Dourados. Anais do ENEPEX. Dourados: Editora da UFGD, 2014. v. 1. p. 1-12.

KNIGHT, J. Educação superior através das fronteiras: questões e implicações para garantia de qualidade e credenciamento. In: EDUCAÇÃO superior em um tempo de transformações: novas dinâmicas para a responsabilidade social. Trad. Vera Muller. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2009, p. 188-192.

KNIGHT, J. Comercialización de servicios de educación superior: Implicacionesdel AGCS, 2004. In:SOBRINHO, José Dias. Educação Superior Sem Fronteiras Cenários da globalização: bem público, bem público global, comércio transnacional? Avaliação, Sorocaba, v. 8, n.4, p. 9-29, dez. 2003.

LAMARRA, N. F. Haciala convergência de los sistemas de educación superior en América Latina. Revista Ibero-Americana de Educación. Madri, n. 35, mayo/ago. 2004.

OLIVEIRA, V. de L. P. de. O PMM e a educação superior: globalização, política supranacional e medidas institucionais. Dourados, 2014. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Federal da Grande Dourados, 2014.

PILETTI, N.; PRAXEDES, W. Mercosul, competitividade e educação. Estudos Avançados. São Paulo, v. 12, n. 34, p. 219 – 233, 1998.

REAL, G. C. Transformações recentes na educação superior na fronteira entre Brasil e Paraguai: os anos 2000. In: LIMA, P. G.; FURTADO, A. C. (Orgs) Educação Brasileira: interfaces e solicitações recorrentes. Dourados: Editora UFGD, 2011, p. 117-140.

REAL, G. C. Impactos da expansão da educação superior na mobilidade estudantil: o eixo Brasil – Paraguai. In: 32ª Reunião Anual da ANPED, Caxambu, MG, 2009a, p. 01-07. http://32reuniao.anped.org.br/arquivos/posteres/GT11-5512--Int.pdf. Acesso em: 02 de julho de 2016.




DOI: https://doi.org/10.30612/hre.v6i11.8026

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.