O consumo de drogas no ambiente acadêmico da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30612/eduf.v13i00.16575

Palavras-chave:

Drogas, Discentes, Universidade

Resumo

O uso de drogas causa diversos efeitos funestos ao organismo e à vida social, podendo afetar gravemente a saúde do usuário e causar até mesmo dependência. O objetivo deste estudo, é investigar o consumo de drogas entre os discentes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, atentando ao fato de que os estudantes têm fácil acesso a entorpecentes na universidade e tem seu uso justificado desde a aceitação social até a fuga da realidade ou até mesmo para conseguir boas notas. A pesquisa revelou que a maioria das exposições ocorreu com homens e com maiores de 18 anos. A medida do tempo que o aluno está na universidade, aumenta o seu percentual de uso, sendo que o uso era para momentos de lazer, ou em momentos de semana de prova/final de semestre. Entretanto, muitos já tiveram vontade de usar drogas com o único objetivo de aumentar suas notas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Costa Brauer, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduanda do curso de Engenharia de Produção.

Emily Colle de almeida soares, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduanda do curso de Engenharia de Produção.

Maria Luísa Vieira Mello de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduanda do curso de Engenharia de Produção.

Mell Mariane Lima dos Santos, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduanda do curso de Engenharia de Produção.

Pâmela Iohana Nantes Moraes, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduanda do curso de Engenharia de Produção.

Cássio Pinho dos Reis, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Professor Adjunto. Doutorado em Biometria (UNESP).

Referências

ABREU, L. M. et al. Consumo de drogas e conhecimento sobre suas consequências entre os estudantes de odontologia. Research, Society and Development, v. 10, n. 10. 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18512.

ARAUJO, C. M.; VIEIRA, C. X.; MASCARENHAS, C. H. M. Prevalência do consumo de drogas lícitas e ilícitas por estudantes universitários. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog. (Ed. port.), Ribeirão Preto, v. 14, n. 3, p. 144-150, 2018. DOI: 10.11606/issn.1806-6976.smad.2018.000342.

BARBOSA, F. I.; MARQUES, N. F. B.; MACIEL, E. A. F. Consumo de álcool pelos acadêmicos do curso de enfermagem de uma instituição de ensino superior do centro-oeste de minas gerais. Revista De Enfermagem Do Centro-Oeste Mineiro, v. 2, n. 2, 2012. DOI: 10.19175/recom.v0i0.204.

BATISTA, W. F. V. et al. “EU SÓ PROVEI!” Estudantes dos espaços rurais maranhenses entre os consumidores de bebidas alcoólicas. InterEspaço: Revista De Geografia E Interdisciplinaridade, v. 7, 2021. DOI: 10.18764/2446-6549.e202126.

BEZERRA, I. M. P. et al. Prevalência do uso de álcool em estudantes de ensino médio. Revista Brasileira Em Promoção Da Saúde, v. 24, n. 1, p. 24-30, 2011.

CANUTO, M. H.; FERREIRA, R. A.; GUIMARÃES, E. M. B. Uso e abuso de drogas ilícitas por jovens do 1º ano da Universidade Federal de Goiás. Revista Paulista de Pediatria, v. 24, n. 2, p.135-142, 2006.

CARNEIRO, A. L. M. et al. Padrão do uso de álcool entre estudantes universitários da área da saúde. Revista De Enfermagem Do Centro-Oeste Mineiro. 4, n. 1. 2014. DOI: 10.19175/recom.v0i0.449.

GIL, A. C. Métodos e técnicas em pesquisa social. Atlas, 1999.

GONÇALVES, J. S. et al. Reflexões acerca do panorama de consumo de álcool e/ou outras drogas entre estudantes universitários. Revista De Enfermagem Do Centro-Oeste Mineiro, v. 9, 2019.

HOLGUÍN, E. P. et al. Prevalencia Del Consumo De Bebidas Energéticas, Motivación Y Factores Asociados En Alumnos De Medicina: Estudio Transversal. Revista Española De Nutrición Humana Y Dietética, v. 24, n. 1. 2020.

IMAI, F. I.; COELHO, I. Z.; BASTOS, J. L. Consumo excessivo de álcool, tabagismo e fatores associados em amostra representativa de graduandos da Universidade Federal de Santa Catarina. Epidemiol Serv Saúde, v. 23, n. 3, 2014. DOI: 10.5123/S1679-49742014000300006.

JUNQUEIRA, M. A. B.; ANTUNES, A. V.; OLIVEIRA, V. C. Standard of alcohol use and academic performance among students of nursing course of Federal University of Uberlândia, MG, Brasil. Bioscience Journal, v. 32, n. 6. 2016. DOI: 10.14393/BJ-v32n1a2016-28395.

MACÊDO, T. T. S. et al. Consumo de bebida alcoólica, tabaco e drogas ilícitas em ingressantes universitários da área de enfermagem. Revista De Divulgação Científica Sena Aires, v. 9, n. 1, 2020.

MACHADO, C. S.; MOURA, T. M.; ALMEIDA, R. J. Estudantes de Medicina e as Drogas: Evidências de um Grave Problema. Revista Brasileira de Educação Médica, v. 39, n. 1, p. 159-167, 2015. DOI: 10.1590/1981-52712015v39n1e01322014.

MEDEIROS, S. B. et al. Prevalência do uso de drogas entre acadêmicos de uma universidade particular do sul do Brasil. Aletheia, Canoas, n. 38-39, p. 81-93, dez. 2012.

PETROIANU, A. et al. Prevalência do consumo de álcool, tabaco e entorpecentes por estudantes de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais. Revista Da Associação Médica Brasileira, v. 56, n. 5, 2010. DOI: 10.1590/S0104-42302010000500019.

R CORE TEAM. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing. Vienna, Austria.

RABELO, J. L. et al. Perfil do uso de substâncias psicoativas em universitários / Profile of psychoactive substance use in university students. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 3, p. 5576–5598, 2020. DOI: 10.34119/bjhrv3n3-129.

SCHUIND, A. A. P.; MENEZES, V. A.; ABREU, C. R. C. As consequências do uso da ritalina sem Prescrição Médica. Revista Coleta Científica, v. 5, n. 10, p. 28-39. 2021.

SILVA, M. K. et al. Indiscriminate use of Ritalin® by students of a College Southwest Goian. Research, Society and Development, v. 11, n. 17, e205111738857, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i17.38857.

ZEFERINO, M. T. et al. Consumo de drogas entre estudantes universitários: família, espiritualidade e entretenimento moderando a influência dos pares. Texto & Contexto - Enfermagem, v. 24, p. 125-135, 2015. DOI: 10.1590/0104-07072015001150014.

Publicado

2023-05-26

Como Citar

BRAUER, Beatriz Costa; COLLE DE ALMEIDA SOARES, Emily; OLIVEIRA, Maria Luísa Vieira Mello de; SANTOS, Mell Mariane Lima dos; MORAES, Pâmela Iohana Nantes; REIS, Cássio Pinho dos. O consumo de drogas no ambiente acadêmico da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Educação e Fronteiras, Dourados, v. 13, n. 00, p. e023009, 2023. DOI: 10.30612/eduf.v13i00.16575. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/educacao/article/view/16575. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Demanda Contínua