Saberes docentes percebidos na prática pedagógica interdisciplinar: formação de professores de geografia na UEMS

Autores

  • Jucimara Rojas [UFMS]
  • Care Cristiane Hammes [UEMS]

Palavras-chave:

Ensino de Geografia, Interdisciplinaridade, Prática pedagógica.

Resumo

O objetivo da pesquisa visa compreender as possibilidades e limites de uma experiência pedagógica com perspectiva interdisciplinar, realizada durante o estágio curricular supervisionado na relação teoria e prática entre universidade e comunidade escolar. A proposta foi desenvolvida na UEMS, na qual foi realizado um trabalho de parceria entre os professores do estágio, acadêmicos e a comunidade escolar. Na investigação dessa experiência, buscou-se compreender o papel do Estágio Curricular Supervisionado na articulação dos conhecimentos de diferentes disciplinas da área de Geografia. Procurou-se compreender, através de uma abordagem fenomenológica, que saberes docentes, com perspectiva interdisciplinar, foram construídos pelos acadêmicos do estágio curricular supervisionado. A Geografia, na perspectiva cultural e crítica, pode ser um eixo articulador de uma prática pedagógica interdisciplinar ao favorecer a promoção do diálogo entre diferentes áreas do conhecimento. Os alunos e professores percebem ter construído diferentes saberes de forma integrada por meio do trabalho coletivo, rico em criatividade e descobertas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALES BELLO, A. Fenomenologia e ciências humanas: psicologia, história

e religião. Bauru, SP: EDUSC, 2004.

BICUDO, M. A. V.; ESPÓSITO, V. H. C. A pesquisa Qualitativa em Educação: um enfoque fenomenológico. 2.ed. Piracicaba: Editora Unimep,

CASTROGIOVANNI, A. C.; CALLAI, H. C.; KAERCHER, N. A. Ensino

de Geografia. Práticas e Textualizações. 3. ed. Porto Alegre: Mediação,

a.

CASTROGIOVANNI, A. C.; GOULARTE, L. B.; KAERCHER, N. A.

SCHAFFER, N. O. Um Globo em suas Mãos: práticas para a sala de aula.

Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2003b.

CORTELLA, M. S. A Escola e o Conhecimento. Fundamentos epistemológicos e políticos. São Paulo-SP: Cortez, 1998.

FAZENDA, I.C. Interdisciplinaridade. Um projeto em parceria. São Paulo:

Loyola, 1993.

FAZENDA, I.C. Interdisciplinaridade: qual o sentido? São Paulo: Paulus,

GONÇALVES, M. A. S. Dimensões da identidade moral: metas educativas

na formação ética. 2006. Artigo em fase de elaboração.

JAPIASSÚ, H. Interdisciplinaridade e Patologia do saber. Rio de Janeiro:

Imago, 1976.

JAPIASSÚ, H. MARCONDES, D. Dicionário Básico de Filosofia. 3 ed.

rev. e ampliada. – Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. 1996.

PALMADE,G. Interdisciplinariedad e Ideologias. Espanha/Madrid: Narcea,

S, A de Ediciones, 1979.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço. : Técnica e Tempo, Razão e Emoção.

ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

SANTOS, M. Por Uma Geografia Nova. Da crítica da Geografia a uma

Geografia Crítica. São Paulo: Hucitec, 1990.

TARDIF, M. Saberes Docentes e Formação Profissional. 4. ed. Petrópolis,

RJ: Vozes, 2004.

Downloads

Publicado

2012-01-13

Como Citar

ROJAS, J.; HAMMES, C. C. Saberes docentes percebidos na prática pedagógica interdisciplinar: formação de professores de geografia na UEMS. Educação e Fronteiras, Dourados, v. 1, n. 3, p. p.64–79, 2012. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/educacao/article/view/1517. Acesso em: 2 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê