Intervenções nas línguas: reflexões em torno de política e de identidade

Cristine Gorski Severo

Resumo


Trata-se de abordar a possibilidade de atuação, em níveis tanto macro como micro, sobre a língua. O nível macro diz respeito às intervenções políticas (governamentais) sobre a linguagem; ilustra-se essa perspectiva com o caso das políticas lingüísticas antes e depois da Revolução Russa e da situação atual da educação bilíngue indígena no Brasil. O nível micro concerne à relação que os sujeitos estabelecem, intencionalmente, com o seu objeto discursivo; tal relação será evidenciada nas noções bakhtinianas de estilo e de expressividade. Com essas abordagens, tenciona-se colocar em xeque a visão lingüística tradicional que: (a) estabelece a existência da língua como uma entidade abstrata e autônoma; (b) exclui a possibilidade de intervenção na língua e de relação intencional dos falantes com a língua.

Palavras-chave


Intervenção. Política linguística. Estilo. Identidade.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.