Narrativas histórica e literária nas Memórias do Cárcere de Graciliano Ramos

Marcos Fontoura de Oliveira

Resumo


Este artigo se apóia em uma narrativa histórica sobre transportes urbanos e na narrativa literária de Graciliano Ramos, Memórias do Cárcere. A primeira nos fornece informações sobre a categoria econômica (segunda classe) nos transportes, e a literária, impressões de um cidadão que é transportado em classes distintas. Ao mesclar as duas narrativas, entremeando-as com conceitos teóricos, o que se pretende é lançar um outro olhar sobre a cidade e seus transportes. O objetivo final é formular algumas questões que provoquem uma reflexão sobre o significado dos transportes seletivos modernos existentes nas cidades brasileiras.

Palavras-chave


Cidadania. Segunda classe. Transportes. Transportes seletivos. Graciliano Ramos.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.