A Ínteri Jr. e o movimento Empresa Júnior como instrumentos do ecossistema empreendedor do Mato Grosso do Sul

Hermes Moreira Jr., Elis Poli Chiachio, Renata Ruiz Simas

Resumo


O presente artigo se propõe a discutir como as empresas júniores são relevantes no debate sobre ecossistemas empreendedores. Como foco teremos a Ínteri Jr., Empresa Júnior do curso de Relações Internacionais da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Através da apresentação de sua trajetória institucional e de consultorias prestadas, abordaremos o funcionamento do Ecossistema Empreendedor do Mato Grosso do Sul. O movimento empresa júnior no estado começou de fato em 2012, com a caracterização da Ínteri Jr. como sendo a primeira empresa júnior na região a atuar em rede. Após sua fundação, outros universitários de outros cursos foram inspirados e novas empresas júniores começaram a surgir dentro dessa mesma perspectiva, o que levou à fundação da Federação de Empresas Júniores do Mato Grosso do Sul. Nesse contexto será apresentado que, a economia tradicional da região não deve ser tomada como fator limitante das possibilidades de desenvolvimento econômico e as empresas júniores do estado vieram justamente para potencializar este desenvolvimento de forma acessível e de qualidade.

Palavras-chave


Empreendedorismo. Ecossistema. Empreendedor. Movimento empresa júnior.

Texto completo:

PDF

Referências


BRAGA MARTES. Ana Cristina. Weber e Schumpeter: a ação econômica do empreendedor. Revista de Economia Política. vol.30 no.2 São Paulo, 2010.

BRASIL JUNIOR. Censo & Identidade 2016. São Paulo: Confederação Brasileira das Empresas Júniores, 2017. Disponível em: http://brasiljunior.rds.land/censo-identidade-relatorio-2016. Acesso em 06 de setembro de 2017.

CAVALCANTI, Glauco; TOLOTTI, Márcia. Empreendedorismo, decolando para o futuro: as lições do voo livre aplicadas ao mundo corporativo. Rio de Janeiro: SEBRAE, 2012.

DELA COLETA, José Augusto. A escala de lócus de controle interno-externo de Rotter: um estudo exploratório. Arquivos Brasileiros de Psicologia, ISOP/FGV, v.31, n.4, 1979.

ENDEAVOR BRASIL. O que é Empreendedorismo? Disponível em: Acesso em 20 nov.2017.

ISENBERG. Daniel. The Entrepreneurship Ecosystem Strategy as a New Paradigm for Economic Policy: Principles for Cultivating Entrepreneurship. May 11, 2011.

MARTINELLI, Joacir. Locus de controle. Disponível em: < http://www.duomoeducacao.com.br/Lideranca/locus-de-controle.html>. Acesso em 20 nov. 2017.

PINCHOT III, Gifford. Intrapreneuring: why you don't have to leave the corporation to become an entrepreneur. New York, Harper & Row, 1985.

SCHUMPETER, Joseph. Capitalismo, Socialismo e Democracia. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1961.

UFGD. Plano de Desenvolvimento Institucional 2013-2017. Pró-Reitoria de Avaliação e Planejamento de Universidade Federal da Grande Dourados, 2014. Disponível em: http://files.ufgd.edu.br/arquivos/arquivos/78/ADMINISTRACAO-UFGD/PDI%20UFGD%202013_2017.pdf. Acesso em: 06 de setembro de 2017.




DOI: https://doi.org/10.30612/re-ufgd.v4i8.7664

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.