Experiências democráticas e Educação Infantil: um olhar para as vivências do Espaço Mitã

Vinícius Bozzano Nunes

Resumo


Neste texto, trata-se o tema da democracia em processos formativos dentro do espaço da educação infantil escolar. Essa abordagem não é genérica, parte de um olhar dirigido para as vivências dos momentos de concepção, constituição e consolidação do Espaço Mitã, lugar de exploração de experiências educativas alternativas situado em Dourados-MS. O objetivo aqui proposto foi o de identificar a manifestação de práticas democráticas nesse espaço. Para tanto, lançou-se mão de uma abordagem descritiva, relatando as experiências promovidas no Mitã. A leitura desses dados foi feita por um viés teórico-epistemológico interpretativista. A base teórica para essa interpretação adveio principalmente dos conceitos de democracia deliberativa, agir comunicativo e educação democrática. Para iluminar a experiência relatada, foram elencadas outras importantes iniciativas realizadas dentro e fora do Brasil. Por fim, fica destacada na experiência do Espaço Mitã sua singularidade quanto à construção das praticas democráticas em relação às demais experiências, ao passo que se evidencia sua universalidade na busca por contribuir em processos de emancipação humana.

Palavras-chave


Educação Infantil. Educação Alternativa. Democracia.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ESTEBAN, Maria Paz Sandín. Pesquisa qualitativa em educação: Fundamentos e tradições. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25 ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

HABERMAS, Jürgen. Teoria do Agir Comunicativo, 1: Racionalidade da ação e racionalização social. Tradução Paulo Soethe. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2012.

HABERMAS, Jürgen. Direito e Democracia: entre facticidade e validade, volume I. Trad. Flavio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

MOUFFE, Chantal. Por um modelo agonístico de democracia. Revista de Sociologia e Política. Curitiba, n. 25, Nov., 2005. Disponível em: http://www. scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-44782005000200003. Acesso em: 14 Jun. 2018.

PIAGET, Jean. O Juízo Moral na Criança. 4 ed. São Paulo: Summus, 1994. (originalmente publicado em 1932).

RAWLS, John. Uma Teoria da Justiça. Trad. Almiro Pisetta e Lenita Esteves. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia. 24 ed. São Paulo: Cortez, 1991.

TOLSTOI, Leon. Obras pedagógicas. Tradução de J.M. Milhazes Pinto. Moscou: Edições Progresso, 1988.

VIEIRA, Sofia Lerche. Política(s) e Gestão da Educação Básica: revisitando conceitos simples. Revista Brasileira de Política e Gestão da Educação. Goiânia, v.23, n.1, p. 53-69, Jan./Abr., 2007. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/rbpae /article/view/19013. Acesso em: 4 de Jul. 2018.




DOI: https://doi.org/10.30612/hre.v6i12.9182

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.