A ORGANIZAÇÃO DE UMA CLASSE MULTISSERIADA INSERIDA NO PROGRAMA ESCOLA ATIVA NO RIO GRANDE DO SUL

Débora de Lima Velho Junges

Resumo


Dados do Censo Escolar de 2011 informam que cerca de um milhão de alunos brasileiros estudavam em classes multisseriadas de escolas do campo. Entretanto, conforme levantamento do INEP (2007), a qualidade da educação dessas escolas não é a esperada pelos órgãos públicos de gestão. Para compreender como é organizada, do ponto de vista pedagógico, uma classe multisseriada inserida no Programa Escola Ativa do MEC, foram observadas aulas e realizadas entrevistas com uma professora de escola do campo do município de Novo Hamburgo/RS. As ferramentas teóricas do estudo estão vinculadas com as teorizações sobre poder de Michel Foucault. Quando da análise do material empírico a respeito da distribuição do tempo, do espaço e dos conteúdos estudados na classe multisseriada, foi possível perceber a existência de movimentos de contraconduta por parte da professora, que não se submeteu ao que era indicado pelo programa oficial do governo.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.