Internacionalização, regionalização, integração e a educação superior: algumas considerações sobre a acreditação regional do Mercosul

Jeinni Kelly Pereira Puziol, Gladys Beatriz Barreyro

Resumo


O texto apresenta os conceitos de internacionalização, regionalização e integração no contexto da sociedade globalizada do século XXI e examina os processos em que se encarnam, tais como a União Europeia e o MERCOSUL registrando as políticas regionais que impactam à educação superior. Ainda, exemplifica com um processo concreto: a acreditação da educação superior no MERCOSUL Educativo. Metodologicamente, é usada revisão bibliográfica, fontes primárias e secundárias.

Palavras-chave


: Internacionalização. Educação Superior. Acreditação MERCOSUL.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTBACH, Philip G. Globalization and the University: Myths and Realities in an Unequal World. Almanac of Higher Education, Washington, D.C., 2005. Disponível em: http://ww.nhnea.org. Acesso em: 28 jun. 2013.

ANTUNES, Fátima. O espaço europeu de ensino superior para uma nova ordem educacional? Educação Temática Digital, Campinas, v.9, dez. 2007. p.1-28.

AZEVEDO, Mário Luiz Neves de. A convergência de políticas para a educação superior no Mercosul: integração ou europeização? IN: JEZINE, Edineide; BITTAR, Mariluce. (Org.). Políticas de Educação Superior no Brasil: expansão, acesso e igualdade social. João Pessoa: Editora da UFPB, 2013. p. 221-242.

BALASSA, Bela. Hacia una teoría de Ia integración económica. In: WIONCZEK, M. S. Integración de América Latina: experiencias y perspectivas. México: Fondo de Cultura Económica, 1964, p.3-14

BARREYRO, Gladys Beatriz. Educação superior, internacionalização e qualidade: AHELO, ENADE global ou PISA da educação superior? 37ª Reunião Nacional da Anped. Tensões e perspectivas para a educação pública brasileira, UFSC, Florianópolis, 4 a 8 de outubro de 2015. Disponível em: http://37reuniao.anped.org.br/wpcontent/uploads/2015/02/Trabalho-GT11-4238.pdf. Acesso em 10 de janeiro de 2016.

BARREYRO, Gladys Beatriz. A acreditação MERCOSUL e a agenda interna da política de educação superior brasileira. In: SOUSA, Andréia Silva Quintanilla; CAMARGO, Arlete Maria Monte (Orgs.) Interfaces da educação superior no Brasil. Curitiba: Editora CRV, 2014a. p. 49-61.

BARREYRO, Gladys Beatriz. Acreditação da Educação Superior no Mercosul: o papel do Brasil. Relatório final. Edital Universal: Processo N° 483.258/2011-3, 2014, 233 p. (mimeo).

BARREYRO, Gladys Beatriz, LAGORIA, Silvana Lorena e HIZUME, Gabriella . As Agências Nacionais de Acreditação no Sistema ARCU-SUL: primeiras considerações. Avaliação (Campinas), mar. 2015, v.20, n.1, p.49-72. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772015000100049&lng=en&nrm=iso&tlng=pt,a. Acesso em 15 de janeiro de 2016. http://dx.doi.org/10.590/S1414-40772015000100005

BARREYRO, Gladys Beatriz, LAGORIA, Silvana Lorena e HIZUME, Gabriella La implementación del Sistema Regional de Acreditación de Carreras Universitarias del Mercosur: algunas comparaciones entre las Agencias Nacionales de Acreditación. Revista española de educación comparada. 2016. (aceito para publicação)

BARTELL, Marvin. Internationalization of universities: a university culture-based framework. Higher Education, USA, n. 45, p. 43-70, 2003.

CASTELLS, Manuel. Era da Informação: economia, sociedade e cultura. Sociedade em Rede, v. 1. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

CASTELLS, Manuel. Era da Informação: economia, sociedade e cultura. O fim do milénio. v. 3. Lisboa: Fundação Galouste Gulbenkian, 2003.

CHESNAIS, François. A teoria do regime de acumulação financeirizado: conteúdo, alcance e interrogações. Economia e Sociedade, Campinas, v. 11, n. 1 (18), p. 1-44, jan./jun. 2002.

COUTO, Leandro Freitas. Política externa brasileira para a América do Sul: as diferenças entre Cardoso e Lula. Civitas, Porto Alegre v. 10 n. 1 p. 23-44 jan.-abr. 2010.

D’ANGELIS, Wagner Rocha. MERCOSUL: Da intergovernabilidade à

supranacionalidade? Curitiba: Juruá, 2006.

DIAS SOBRINHO, José. Dilemas da educação superior no mundo globalizado: sociedade do conhecimento ou economia do conhecimento? São Paulo: Casa do Psicólogo, 2010.

FIGUEIREDO, Maria. Pacheco. A formação de profissionais para a educação básica no contexto do ensino superior europeu. IN: PORTUGAL, G. [et al.] (Org.). Formação inicial de professores e educadores: experiências em contexto português. Aveiro: UA Editora, 2014. p. 19-36.

GREEN, Madeleine; ECKEL, Peter; BARBLAN, Andris. The brave new (and smaller) world of higher education: a transatlantic view. International Higher Education, Washington, D.C., v. 29, September, 2002.

HAESBAERT, Rogério. Territórios alternativos. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2011.

HERZ, Mônica; HOFFMANN, Andrea Ribeiro. Organizações Internacionais: histórias e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

HIZUME, G. C. A Implementação do Sistema de Acreditação Regional de Cursos Universitários do Mercosul: um estudo sobre as Agências Nacionais de Acreditação da Argentina e do Brasil. Dissertação (Mestrado), Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina, Universidade de São Paulo, São Paulo 2013, 265 p.

HOUAISS. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001.

IANNI, Octavio. A sociedade global. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

JORNAL DA UFRJ. Entrevista com Roberto Lobato Azevedo Corrêa. Ano VI, n. 62, agosto, setembro e outubro de 2011.

KNIGHT, Jane. Cinco verdades a respeito da internacionalização. International Higher Education, Boston College, 2012. Disponível em:

http://www.revistaensinosuperior.gr.unicamp.br. Acesso em: 05 jul. 2013.

LAGORIA, Silvana Lorena. Acreditación de carreras de grado en el ámbito nacional y regional. El caso de las Ingenierías. Tesis doctoral. Doctorado en Estudios Sociales de América Latina. Universidad Nacional de Córdoba, Córdoba, Argentina, 2015, 312 p.

MACHLUP, Fritz. A history of through on economic integration. In: Congress of the international economic association, Budapest. Economic integration worldwide, regional, sectorial: proceedings of the fourth Congress... New York: John Wiley, 1976. p.61-85.

MELLO, Celso de Albuquerque. Direito Internacional da Integração. Rio de Janeiro: Renovar, 1996.

MERCOSUL. Plano de Ação do Setor Educativo do Mercosul (2011-2015). Montevideo, República Oriental del Uruguay, 2011. Disponível em: www.sic.inep.gov.br. Acesso em: 02 jun. 2013.

MERCOSUR EDUCATIVO, 2012. Plan trienal de Educación. (s/d) Mimeografado.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Os processos de globalização. Eurozine, 2002. Disponível em: http://www.eurozine.com. Acesso em: 08 jun. 2013.

SANTOS, Milton. Espaço e método. São Paulo: EDUSP, 2012.

VERGER, Antoni; HERMO, Javier Pablo. The governance of higher education regionalisation: comparative analysis of the Bologna Process and MERCOSUR-Educativo. Globalisation, Societies and Education, 2010. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1080/14767720903574116. Acesso em: 02 mai. 2013.

VIEIRA, Liszt; BORBA, Cíntia Reschke. Nacional X Global: União Europeia e Mercosul. Rio de Janeiro: Renovar, 2010.

WIT, Hans de. Internacionalización de la Educación Superior: Nueve interpretaciones erróneas. International Higher Education, Boston College, n.64, 2011.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.