Jack Kerouac e o romance moderno: o devir escritor

Samir de Carvalho

Resumo


A partir do conceito de devir, o presente trabalho busca delinear o desenvolvimento de Jack Kerouac como autor importante para o romance do século XX. Com o intuito de traçar o trajeto artístico que permitiu a formação gradativa de seu estilo, elucida-se pontos importantes que serviram de guia na construção poética do autor. Sua localização histórica na literatura americana oferece-nos uma visão de sua importância e de seu prenúncio dentro do ambiente artístico dos Estados Unidos.

Palavras-chave


Jack Kerouac. Geração Beat. Literatura Americana. Devir.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. São Paulo:Editora Unesp/Huicitec, 1993.

CHARTERS, A. Beat Down to Your Soul. New York: Penguin Books, 2001.

CHARTERS, A. The Portable Jack Kerouac. London: Penguin Books, 2007.

CUNNELL, H. Fast This Time: Jack Kerouac and the Writing of On the Road. In: KEROUAC, J. On the Road. New York: Viking Penguin, 2007. p. 1-52.

DELEUZE, G. A Literatura e a vida. In: ______, G. Crítica e Clínica. São Paulo:Editora 34, 2011. p. 11-17.

DELEUZE, Gilles. Sobre quarto formulas poéticas que poderiam resumir a filosofia de Kant. In: ______, G. Crítica e Clínica. São Paulo: Editora 34, 2011. p. 40-51.

DELEUZE, G. Whitman. In: DELEUZE, G. Crítica e Clínica. São Paulo: Editora 34, 2011. p. 76-82.

EMERSON, R.W. The American Scholar. In: ______, R. W. Essays and Poems by Ralph Waldo Emerson. New York: Barnes & Nobles Books, 2004. p. 50-66.

KUNDERA, M. A arte do romance. São Paulo: Companhia das letras, 2009.

MCCLURE, M. A nova visão de Blake aos Beats. Rio de Janeiro: Azougue Editorial, 2005.

MORGAN, B.; STANFORD, M. Jack Kerouac & Allen Ginsberg: as cartas. Porto Alegre: L&PM, 2012.

NIETZSCHE, F. Da alma dos artistas e escritores. In: ______, F. Humano, demasiado humano. São Paulo: Editora Escala, 2007. p. 125-163.

WHITMAN, W. Preface to Leaves of Grass. In: WHITMAN, Walt, et al. The

Harvard Classics: Famous Prefaces. New York: P.F. Collier & Son Corporation, 1938. p 388-409.

WILLER, C. Os rebeldes: Geração Beat e anarquismo místico. Porto Alegre: L&PM, 2014.

WILLER, C. Geração Beat. Porto Alegre: L&PM, 2009.




DOI: https://doi.org/10.30612/arredia.v6i10.5595



Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.