Índice de área foliar, spad e massa de matéria seca do feijoeiro comum em função dos bioestimulantes, NPK e micronutrientes em Vitória da Conquista – BA

DANILO Nogueira dos anjos, Hellenn Thallyta Alves Mendes, Ramon Correia Vasconcelos, Patricia Machado Moreira, Anne Caroline Vieira Cangussu, Ednei de Souza Pires

Resumo


A cultura do feijão apresenta grande importância econômica e social no Brasil e estudos sobre a função dos bioestimulantes associados a diferentes adubações nessa cultura ainda são incipientes. Desse modo, objetivou-se com este trabalho avaliar a influência do uso de bioestimulantes e suas interações com as adubações de NPK e micronutrientes no índice SPAD, índice de área foliar e a massa de matéria seca do feijoeiro da cultivar de feijão Pérola no município de Vitória da Conquista - BA. O trabalho foi desenvolvido na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e teve o delineamento experimental em blocos casualizados arranjados em três fatores 2x2x4 sendo dois níveis de NPK (ausência e presença), dois níveis de micronutrientes (ausência e presença) e os bioestimulantes (ausência, Stimulate, Booster e Biozyme TF). Houve reposta significativa entre a interação dos bioestimulantes e NPK para o índice de área foliar e massa seca da parte aérea, com destaque para os bioestimulantes Booster e Biozyme TF que na ausência do NPK aumentaram o índice de área foliar. O NPK incrementou a massa seca da haste e o índice SPAD do feijoeiro.


Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.