Formação de professores indígenas: o projeto do curso normal superior Indígena da Universidade Estadual De Mato Grosso Do Sul – Unidade De Amambai – MS (2003-2006)

Autores

  • Ailton Salgado Rosendo

Palavras-chave:

formação de professores indígenas, educação escolar indí-gena, normal superior indígena, história da educação.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar o processo de implantação e suspensão do Curso Normal Superior Indígena – Habilitação para o Magistério na Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental –, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), desenvolvido entre os anos de 2003 a 2006 e discutir as propostas para a formação específica de professores indígenas nos documentos oficiais, analisando o perfil de professor e o tipo de formação que posta nestas publicações. O estudo foi realizado através da pesquisa bibliográfica e documental, a partir da análise de documentos oficiais, acompanhado dos depoimentos dos personagens centrais desse processo. A formação de professores indígenas é fundamental para uma educação escolar indígena que contemple os direitos e garantias dos povos indígenas no Brasil, previstos na Constituição Federal de 1988 e nos documentos oficiais do Ministério da Educação. Desde a implantação do curso Normal Superior Indígena na UEMS, não havia número significativo de professores estudiosos e pesquisadores da questão indígena que pudessem atuar neste curso. Em 2006, a universidade rompeu o compromisso com entidades e lideranças indígenas, cancelando a oferta do curso, apesar da existência de demanda pela formação específica de professores indígenas. Apesar de ter aberto e fechado suas portas em 5 anos, a proposta do Curso Normal Superior Indígena, efetivada pela UEMS, contribuiu de alguma forma, para a formação dos professores indígenas e muitos desses egressos passaram a ser reconhecidos por seus pares como professores habilitados – não mais leigos – e desenvolvem um trabalho pedagógico diferenciado, com competência e criticidade frente aos desafios propostos pelos contextos em que as escolas indígenas estão localizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-02-05

Como Citar

ROSENDO, A. S. Formação de professores indígenas: o projeto do curso normal superior Indígena da Universidade Estadual De Mato Grosso Do Sul – Unidade De Amambai – MS (2003-2006). Educação e Fronteiras, Dourados, v. 2, n. 4, p. p.197, 2012. Disponível em: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/educacao/article/view/1568. Acesso em: 2 fev. 2023.

Edição

Seção

Teses e Dissertações