Memórias de infância e da escola: uma perspectiva literária

Nubea Rodrigues Xavier

Resumo


A pesquisa apresenta uma análise sobre representação da criança e as suas infâncias em determinados contextos e grupos sociais brasileiros, em final do século XIX e início do século XX. Trata-se de um estudo literário, sob os vieses históricos e sociológicos sobre a infância, tendo como objetivo a apreensão do processo de individualização da criança e da sua categorização social, por meio de seu processo de escolarização formal e informal, ocorridos na família e na escola. Como procedimentos metodológicos, utilizamos a pesquisa bibliográfica para a elaboração histórica e sociológica sobre a concepção de criança e infância, e para a pesquisa literária, utilizamos as obras autobiográficas dos autores José Lins do Rego e Graciliano Ramos. Os dados obtidos definem um caráter civilizador escolar permeado pelas práticas disciplinares e pelo tempo escolar como elementos de normatização de regras e de civilidade às crianças. Como resultados obtidos, buscamos definir a especificidade da criança e as suas interdependências de comportamentos em relação aos adultos, obtendo assim, a compreensão das etapas da infância e da formação da família e da sociedade.

Palavras-chave


memórias infantis; processo escolar; literatura.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.