Similaridades entre Moçambique e a figura feminina no conto O Cesto, de Mia Couto

Autores

  • Cristian Paula Santana UEMS/Dourados

Palavras-chave:

Mulher. Pós-colonização. Moçambique.

Resumo

Este artigo tem por objetivo evidenciar as relações entre colonização e a condição social da figura feminina, e os diálogos entre a pós-colonização de Moçambique e a conscientização da mulher enquanto sujeito presentes no conto O cesto do escritor moçambicano Mia Couto. Posteriormente, discutiremos as implicações encontradas para a construção das identidades pós-coloniais, em destaque a identidade feminina. Para nos auxiliar, dialogamos com Stuart Hall (2011) com a obra A identidade cultural na pós-modernidade para trabalharmos a questão das identidades no conto; Thomas Bonnici (2007) com suas teorias literárias; Bhabha (1998) que analisa as culturas; Eliade (1992) com O sagrado e o profano, Bourdieu (2004) que aborda o poder dos símbolos na sociedade entre outros teóricos.

Biografia do Autor

Cristian Paula Santana, UEMS/Dourados

Realiza pesquisas sobre estudos culturais e identirários, no campo da literatura pós-colonial.

Referências

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Trad. Fernando Tomaz (português

de Portugal). 7ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

BONNICI, Thomas. Teoria e crítica literária feminista: conceitos e tendências. Maringá: Eduem, 2007.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Trad. Myriam Ávila, Eliana

Lourenço de Lima Reis, Gláucia Renate Gonçalves. Belo Horizonte: Ed.

UFMG, 1998.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. Petrópolis: Editora Vozes. 3ª ed: 1998.

COUTO, Mia. O fio das missangas: contos. São Paulo: Companhia das

Letras, 2009. Disponível em <http://www.carlaportugues.com.br/site/wpcontent/uploads/2013/03/COUTO-Mia-O-Fio-dasmissangas.pdf> Último acesso em: 21 de out. 2015.

DUARTE, Constância Lima & DUARTE, Eduardo de Assis & BEZERRA,

Kátia da Costa(Org.). Gênero e representação na literatura brasileira: ensaios. Belo Horizonte: Pós-graduação em Letras Estudos Literários: UFMG, 2002.

ELIADE, Mircea. Mito e realidade. Trad. PolaCivelli. São Paulo: Editora

Perspectiva, 1972. Disponível em:<https://www.yumpu.com/pt/document/view/12802205/eliademircea-mito-e-realidadepdf-copyfight>. Último acesso em: 05 de ago.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano: a essência das religiões. Trad. Rogério Fernandes. São Paulo: Martins Fontes, 1992. Disponível em:

<http://gepai.yolasite.com/resources/O%20Sagrado%20E%20O%20Prof

ano%20-%20Mircea%20Eliade.pdf>. Último acesso em: 18 de março 2015.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro:

DP&A editora. 2011. Disponível em:<https://pt.scribd.com/doc/179384552/identidade-cultural-na-posmodernidade-Stuart-Hall-pdf>. Último acesso em: 08 de abril 2015.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Trad. Bernardo Leitão... [et. al.]

Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1990. Disponível em:<http://memorial.trt11.jus.br/wp-content/uploads/Hist%C3%B3ria-eMem%C3%B3ria.pdf>. Último acesso em:26 de jul. 2015.

Downloads

Publicado

18/07/2016

Como Citar

Santana, C. P. (2016). Similaridades entre Moçambique e a figura feminina no conto O Cesto, de Mia Couto. ArReDia, 5(8), 120–134. Recuperado de https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/arredia/article/view/4623

Edição

Seção

Artigos