Resíduos da fabricação de cuia e de pedra ametista: substratos alternativos na produção de mudas

Marcos Vinícius Marques Pinheiro, Maria Inês Diel, Denise Schmidt, Oscar Valeriano Sánchez Valera, Maicon Desconsi, Gilnei Riboli Bonett

Resumo


A fabricação de cuia e artesanatos, bem como a extração de pedra ametista, apresentam elevada importância econômica e social para o estado do Rio Grande do Sul. No entanto, o trabalho dos artesãos e as atividades mineiras resultam em elevado volume de resíduos que não possuem destinação adequada, provocando danos ambientais. Assim, o objetivo foi avaliar o potencial de utilização dos resíduos da fabricação de cuias (RFC) e da extração de pedra ametista (REP) como alternativas de substrato para a produção de mudas de alface e tomateiro, no período de abril a maio de 2014 em Frederico Westphalen, RS. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos e cinco repetições para cada experimento. Os tratamentos dos experimentos foram: T1 - 100% substrato comercial (SC), T2 - 25% resíduo (RFC ou REP) + 75% SC, T3 -50% resíduo+ 50% SC, T4 - 75% resíduo+ 25% SC, e T5 - 100% resíduo; sendo avaliados índice de velocidade de emergência e porcentagem de germinação. A partir dos resultados, foi possível observar que a utilização de RFC ou REP na proporção de 25%, como componente de substrato comercial, não afeta a germinação das sementes de alface e tomate. Dessa forma, recomenda-se a adição de resíduos da fabricação de cuia e extração de pedra ametista ao substrato para reduzir os custos de produção de mudas e do impacto ambiental.


Palavras-chave


Lactuca sativa. Lycopersicon esculentum. Porcentagem de germinação. Índice de velocidade de emergência.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEREDO, G. A.; SILVA, B. M.; SADER, R.; MATOS, V. P. Umedecimento e substratos para germinação de sementes de repolho. Pesquisa Agropecuaria Tropical, v.40, n.1, p.77-82, 2010.

CALDEIRA, M. V. W.; DELARMELINA, W. M.; FARIA, J. C. T.; JUVANHOL, R. S. Substratos alternativos na produção de mudas de Chamaecrista desvauxii. Revista Árvore, v.37, n.1, p.31-39, 2013.

CAMPANHARO, M.; RODRIGUES, J. J. V.; LIRA JUNIOR, M. A.; ESPINDULA, M. C.; DA COSTA, J. V. T. Características física de diferentes substratos para produção de mudas de tomateiro. Revista Caatinga, v.19, n.2, p.140-145, 2006.

COSTA, L. A. de M.; PEREIRA, D. C.; COSTA, M S. S. de M. Substratos alternativos para produção de repolho e beterraba em consórcio e monocultivo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.18, n.2, p.150-156, 2014.

COSTA, C.; RAMOS, S.; SAMPAIO, R.; GUILHERME, D.; FERNANDES, L. Fibra de coco e resíduo de algodão para substrato de mudas de tomateiro. Horticultura Brasileira, v.25, n.25, p.387-391, 2007.

DIEL, M. I.; SCHMIDT, D.; OLIVOTO, T.; ALTISSIMO, C. S.; PRETTO, M. M.; PINHEIRO, M. V. M.; SOUZA, V. Q.; CARON, B. O.; STOLZE, J. R. Efficiency of water use for strawberries cultivated in different semi-hydroponic substrates. Australian Journal of Basic and Applied Sciences, v.10, n.8, p.31-37, 2016.

HERNÁNDEZ, T.; CHOCANO, C.; MORENO, J.-L.; GARCÍA, C. Use of compost as an alternative to conventional inorganic fertilizers in intensive lettuce (Lactuca sativa L.) crops—Effects on soil and plant. Soil & Tillage Research, v.160, n.1, p.14-22, 2016.

KÄMPF, A. N. 2000. Produção comercial de plantas ornamentais. Guaíba: Agropecuária, 254p.

KLEIN, C.; VANIN, J.; CALVETEU, E. O.; ANTONIO, V.; KLEIN, O. Caracterização química e física de substratos para a produção de mudas de alface. Pesquisa Agropecuária Gaúcha, v.18, n.2, p.129-144, 2012.

LÓPEZ-BALTAZAR, J. MÉNDEZ, M. A.; PLIEGO, L.; ARAGÓN, R. E.; ROBLES, M. M. L. Evaluación agronómica de sustratos en plántulas de chile 'onza' (Capsicum annuum) en invernadero. Revista Mexicana de Ciencias Agrícolas, v.4, n.6, p.1139-1150, 2013.

LOPES, G. E. M.; VIEIRA, H. D.; JASMIM, J. M.; SHIMOYA, A.; MARCIANO, C. R. Casca do fruto da mamoneira como substrato para as plantas. Ceres, v.58 n.3, p.350-358, 2011.

LUZ, J. M.; BELLODI, A. L.; MARTINS, S. T.; DINIZ, K. A.; LANA, R. M. Q. Composto orgânico de lixo urbano e vermiculita como substrato para a produção de mudas de alface, tomate e couve-flor. Bioscience Journal, v.20, n.1,p.67-74, 2004.

MACÍAS, R. R.; GONZÁLEZ, E. G.; COVARRUBIAS, G. I.; NATERA, F. Z. Caracterización física y química de sustratos agrícolas a partir de bagazo de agave tequilero. Interciencia, v.35, n.7, p.515-520, 2010.

MASSAD, M. D.; DUTRA, T. R.; SANTOS, T. B.; CARDOSO, R. L. R.; SARMENTO, M. F. Q. Substratos alternativos na produção de mudas de flamboyant e ipê-mirim. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v.10, n.2, p.251-256, 2015.

MENEZES, N. L. D.; SILVEIRA, T. L. D. D.; STORCK, L. Efeito do nível de umedeimento do substrato sobre a germinação de cucurbitaceas. Ciência Rural, v.23, n.2, p.157-160, 1993.

NADAI, F. B.; MENEZES, J. B. D. C.; RODRIGUES, H. C.; CATÃO, M.; ADVÍNCULA, T.; COSTA, C. A. Produção de mudas de tomateiro em função de diferentes formas de propagação e substratos. Revista Agroambiente, v.9, n.3, p.261-267, 2015.

NETO, J. J. da S.; RÊGO, E. R. do; BARROSO, P. A.; NASCIMENTO, N. F. F. do; BATISTA, D.; SAPUCAY, M.; RÊGO, M. Influência de substratos alternativos para produção de pimenteira ornamental (Capsicum annuum L.). Revista Agropecuária Técnica, v.34, n.1, p.21-29, 2014.

ROSENSTENGEL, L. M.; HARTMANN, L. A. Geochemical stratigraphy of lavas and fault-block structures in the Ametista do Sul geode mining district, Paraná volcanic province, southern Brazil. Ore Geology Reviews, v.48, n.1, p.332–348, 2012.

SANTOS, R. A.; MONÇÃO, O. P.; SILVA, B. S.; SANTOS, J. X.; BARROS, B. C.; SOUZA, A. X. Influência de substratos e bandejas para produção de mudas de tomate rasteiro. Cascavel, v.6, n.1, p.95-102, 2013.

SANTOS, M. N.; TEIXEIRA, M. L. F. Semente de amendoeira (Terminalia catappa L.) (Combretaceae) como substrato para o cultivo de orquídeas epífitas. Acta Scientiarum. Agronomy, v.32, n.2, p.339–343, 2010.

SIGURNJAK, I.; MICHELS, E., CRAPPÉ, S., BUYSENS, S., TACK, F. M. G.; MEERS, E. Utilization of derivatives from nutrient recovery processes as alternatives for fossil-based mineral fertilizers in commercial greenhouse production of Lactuca sativa L. Scientia Horticulturae, v.198, n.1, p.267-276, 2016.

SILVEIRA, E. B.; RODRIGUES, V. J. L. B.; GOMES, A. M. A.; MARIANO, R. L. R.; MESQUITA, J. C. P. Pó de coco como substrato para produção de mudas de tomateiro. Horticultura Brasileira, v.20, n.2, p.211–216, 2002.

SMIDERLE, O. J.; SALIABE, A. B.; HAYASHI, A. H.; MINAMI, K. Produção de mudas de alface, pepino e pimentão em substratos combinando areia, solo e Plantmax®. Horticultura Brasileira, v.19, n.3, p.386-390, 2001.

TRANI, P. E.; FELTRIN, D. M.; POTT, C. A.; SCHWINGEL, M.Avaliação de substratos para produção de mudas de alface. Horticultura Brasileira, v.25, n.2, p.256-260, 2007.

WAGNER JÚNIOR, A.; NEGREIROS, J. R. da S.; ALEXANDRE, R. S.; PIMENTEL, L. D.; BRUCKNER, C. H. Efeito do pH da água de embebição e do trincamento das sementes de maracujazeiro amarelo na germinação e desenvolvimento inicial. Ciência e Agrotecnologia, v.31, n.4, p.1014–1019, 2007.




DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v13i48.8288

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/br/

Revista Agrarian 
e-ISSN 1984-2538

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.