O passado anulado: os reflexos da inadequada justiça transicional para a democracia brasileira

Carla Dóro de Oliveira, Doglas Cesar Lucas

Resumo


O trabalho busca analisar o processo transicional brasileiro pelo estudo das medidas adotadas pelo Estado durante a redemocratização. A partir disso, buscou-se reconhecer os aspectos positivos e negativos do processo justransicional, identificando de que forma sua incompletude influencia na democracia e na persistência de um cenário de violência no país. Na metodologia utilizou-se pesquisa bibliográfica numa abordagem qualitativa. Os resultados do trabalho apontam que medidas adotadas pelo Brasil, apesar de relevantes, são insuficientes para a consolidação de uma cultura democrática e de respeito aos direitos humanos no país, impondo-se, assim, a implementação da justiça transicional em todos os seus aspectos.

Palavras-chave


Democracia. Direitos Humanos. Ditadura. Justiça de Transição. Memória.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/videre.v9i17.6226



 
 
 
Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.