Avati kyry: o ritual Kaiowa do batismo do milho na reserva indígena de Dourados

Lélio Loureiro da Silva

Resumo


Este artigo pretende relatar as minhas experiências e observações do ritual kaiowa do avati kyry (batismo do milho), realizado pela família extensa liderada pelo cacique Getúlio Juca de Oliveira e sua esposa alda da silva, moradores da aldeia Jaguapiru, localizada na reserva indígena Francisco Horta Barbosa, entre os municípios de Dourados e Itaporã, no mato grosso do sul, destacando as diversas dificuldades para a sua realização e a sua manutenção cultural, uma vez que esse importante ritual da cosmologia Kaiowa é o único ainda praticado por essa etnia no lado brasileiro do seu território de ocupação.

Palavras-chave


Ritual kaiowa. Reserva indígena. Batismo. Milho.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, Cecy Fernandes de. 2000. Ñe’ë Ryru Avañ’ë. Edição Própria: São Paulo-SP.

BALLARINI, Arnaldo José; SANTOS, Rodrigo Martins dos; SOUZA, Kenedy Moraes. 2012. A importância do Avatí Kyry (Batismo do Milho Branco) para a Saúde do Povo Guarani (Ñandeva e Kayowá) da Reserva Indígena de Dourados. VI Encontro Nacional da Anppas, 18 a 21 de setembro de 2012, Belém – PA.

BRAND, Antonio. 1993. O confinamento e seu impacto sobre os Pai/Kaiowá. 158 f. Dissertação (Mestrado em História) – Pontifície Universidade Católica, Rio Grande do Sul.

BRAND, Antonio. 1997. O impacto da perda da terra sobre a tradição Kaiowá/Guarani: os difíceis caminhos das Palavras. 365 f. Tese (Doutorado em História) – Pontifície Universidade Católica, Rio Grande do Sul.

GARCIA, Wilson Galhego. 2001. Nande Rembypy: Nossas Origens. Araraquara: UNESP-Faculdade de Ciências e Letras. Centro de Estudos Indígenas “Miguel A. Menéndez”.

MURA, Fábio. 2006. À procura do “bom viver”: Território, tradição de conhecimento e ecologia doméstica entre os Kaiowa. Tese de Doutorado em Antropologia Social. Rio de Janeiro: UFRJ-Museu Nacional.

OLIVEIRA, Roberto Cardoso. 2000. O Trabalho do Antropólogo. 2. ed. Brasília: Paralelo/São Paulo: Editora UNESP.

RIBEIRO, Darcy. 1989. Os Índios e a Civilização. São Paulo: Círculo do Livro S.A.

VIETTA, Katya. 2007. Histórias sobre terras e xamãs kaiowá: territorialidade e organização social na perspectiva dos Kaiowá de Panambizinho (Dourados, MS) após 170 anos de exploração e povoamento não indígena da faixa de fronteira entre o Brasil e o Paraguai. São Paulo, USP.




DOI: https://doi.org/10.30612/nty.v6i9.9517

________________________________________________________________________

ISSN 2317-8590 (O código ISSN é único para todas as edições)
Todos os direitos reservados ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia - PPGAnt/UFGD
UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
FCH - Faculdade de Ciências Humanas
Rodovia Dourados-Itahum, Km 12 - Caixa Postal 533 - Cidade Universitária
Dourados-MS (Brasil) - CEP 79804-970

  

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.