Alguma introdução: multiplicando o cosmos, dividindo a política

Leif Grünewald, Pedro Alex Rodrigues Viana

Resumo


Este dossiê versa sobre a noção de "cosmopolítica‟, criada pela filósofa Isabelle Stengers, pela qual se compreenderia que uma „política‟ não pode figurar desassociada de uma noção de „natureza‟, de uma multiplicidade de mundos divergentes que se articulam e diferem uns dos outros – sugestão que entrou na pauta de interesses da Etnologia Indígena contemporânea pelas mãos de Renato Sztutman (2005). O interesse principal desse dossiê é, portanto, oferecer ao leitor ou a leitora artigos de jovens pesquisadores que utilizam esse conceito – de forma implícita ou explicita – nas suas pesquisas (em coletivos ameríndios, mas em outros também), constituído na forma de uma cartografia das relações mobilizadas pelo pensamento em relação com formas humanas e/ou não-humanas de alteridade em contextos diversos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/nty.v5i6.6857

________________________________________________________________________

ISSN 2317-8590 (O código ISSN é único para todas as edições)
Todos os direitos reservados ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia - PPGAnt/UFGD
UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
FCH - Faculdade de Ciências Humanas
Rodovia Dourados-Itahum, Km 12 - Caixa Postal 533 - Cidade Universitária
Dourados-MS (Brasil) - CEP 79804-970

  

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.