A importância do estudo das Relações Internacionais africanas para o campo das Relações Internacionais.

Xaman Korai Minillo

Resumo


A partir de um estudo sobre o papel das Relações Internacionais na manutenção do regime de Robert Mugabe no Zimbábue, foi analisado o papel tradicionalmente designado a Estados pequenos e fracos nas Teorias de Relações Internacionais. Foram examinados criticamente os paradigmas clássicos e seus conceitos, buscando explicações satisfatórias para as questões que emergem no estudo das Relações Internacionais africanas. Percebe-se que, indo além dos tradicionais focos de estudo, como as grandes potências, e trazendo a África para o centro dos debates teóricos como fonte de explicações aplicáveis aos fenômenos do meio internacional, é possível repensar as Relações Internacionais de modo mais inclusivo e democrático. Assim podem ser reavaliadas as lentes teóricas que fundamentam o olhar sobre os fenômenos internacionais, contribuindo para o desenvolvimento do campo de estudos.

Palavras-chave


Relações internacionais africanas. Teorias de Relações Internacionais. Poder. Discurso. Zimbábue.

Texto completo:

PDF


Monções: Revista de Relações Internacionais da UFGD - ISSN 2316-8323 - Dourados - MS, Brasil.

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.