Atenção à saúde de pessoas com síndrome de down na educação escolar: estudo de propostas para práticas corporais

João Paulo dos Passos-Santos, Carlos Alexandre Molena-Fernandes

Resumo


Este artigo objetivou analisar indicadores de obesidade geral e central em pessoas com síndrome de Down (PCSD), matriculadas em uma escola que atende na modalidade de educação especial e apresentar possíveis práticas corporais presentes na literatura. A amostra foi constituída por 23 pessoas de 2 a 49 anos, sendo 9 do sexo masculino e 14 do feminino. O IMC apresentou alteração em 52,37% e a cintura em 21,74%. O sexo feminino obteve 55,56% e o masculino 50% de excesso de peso, porém, a diferença não foi significativa. Na circunferência da cintura 28,57% e 11,11%, respectivamente sexo feminino e masculino, e também não houve significância. Como grande parte apresentou excesso de peso, a literatura mostra que exercícios resistidos proporcionam grande melhora na composição corporal de PCSD.


Palavras-chave


Síndrome de Down. Obesidade. Exercícios físicos.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVAREZ, B. R; PAVAN, A. L. Alturas e comprimentos. In: PETROSKI, E. L. (Org.) Antropometria: técnicas e padronizações. 4ª Ed. Porto Alegre: Pallotti, 2009.

APOLONI, B. F.; DEPRA, P. P. Padrão cinemático do joelho durante a marcha de crianças com síndrome de Down por classificação etária. Fisioter. Pesqui., São Paulo, v. 24, n. 3, p. 232-7, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Orientações para a coleta e análise de dados antropométricos em serviços de saúde: Norma Técnica do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN, Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho nacional de saúde. Síndrome de Down: população é consultada para melhor atendimento. Brasília, 2012a. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/ultimas_noticias/2012/21_mar_sindromeDown.html. Acesso em: 15 jul. 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Diretrizes de atenção à pessoa com Síndrome de Down. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – Brasília : Ministério da Saúde, 2012b.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde. Vigitel Brasil 2014: vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico. Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis e Promoção da Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2015a.

BRASIL. Presidência da República Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. LEI Nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015. Brasília, 6 de julho de 2015b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm. Acesso em: 15 jul. 2017.

BONOMO, L. M. M.; ROSSETTI, A. G. C. B. O adolescente com síndrome de Down e sua rede de relacionamentos: um estudo exploratório sobre suas amizades. Psicologia: Teoria e Prática, São Paulo, v. 11, n. 3, p. 114-30. 2009.

BORSSATTI, F.; ANJOS, F. B.; RIBAS, D. I. R. Efeitos dos exercícios de força muscular na marcha de indivíduos portadores de Síndrome de Down. Fisioter. Mov., Curitiba, v. 26, n. 2, p. 329-35, abr./jun. 2013.

BRITO, A. C. Capoeira, um contributo para melhoria da coordenação motora em indivíduos com Síndrome de Down. Dissertação (Mestrado em Ciência do Desporto na especialização em Actividade Física Adaptada) - Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto-Portugal, 2008.

CARVALHO, C. B.; ALMEIDA, M. V. A.; RODRIGUES, G. M.; CONTE, M. A interação das pessoas com Síndrome de Down em atividades na água. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 7, n. 3, p. 143-52, 2008.

CRONK, C; CROCKER, A. C; PUESCHEL, S. M; SHEA, A. M; ZACKAI, E; PICKENS, G. Growth charts for children with Down syndrome: 1 month to 18 years of age. Pediatrics, v. 81, p. 102-10, 1988.

DEPRA, P. P.; BISCONSINI, C. R.; VIEIRA, L. F. Atraso no padrão da marcha em crianças com síndrome de down. J. Phys. Educ., v. 28, p. 2448-55, ago. 2017.

FERNÁNDEZ, J. R.; REDDEN, D. T.; PIETROBELLI, A.; ALLISON, D. B. Waist circumference percentiles in nationally representative samples of african-american, european-american, and mexican-american children and adolescents. J. Pediatr., v. 145, n. 4, p. 439-44, 2004.

FLORENTINO NETO, J.; PONTES, L. M.; FERNANDES FILHO, J. Alterações na composição corporal decorrentes de um treinamento de musculação em portadores de síndrome de Down. Rev. Bras. Med. Esporte, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 9-12, 2010.

FREIRE, F.; COSTA, L. T.; GORLA, J. I. Indicadores de obesidade em jovens com Síndrome de Down. Motricidade, v. 10, n. 2, p. 2-10, 2014.

GIARETTA, A.; GHIORZI, A. R. O ato de comer e as pessoas com Síndrome de Down. Rev. bras. enferm. Brasília, DF, v. 62, n. 3, p. 480-4, 2009.

GIMENEZ, R; MANOEL, E. J; OLIVEIRA, D. L; BASSO, L. Combinação de padrões fundamentais de movimento: crianças normais, adultos normais e adultos portadores da Síndrome de Down. Rev. bras. Educ. Fís., São Paulo, v. 18, n. 1, p. 101-16, jan./mar. 2004.

KALINOSKI, A. X.; MARQUES, A. C.; JUNG, L. G.; XAVIER, G. B. Prevalência de fatores de risco da síndrome metabólica em adultos com síndrome de Down na cidade de Pelotas. Rev Bras Ativ Fis e Saúde, Florianópolis, SC, v. 17, n. 5, p. 396-402, 2012.

LEITÃO, M. T. K. Tênis De Campo Para Portadores Da Síndrome De Down: Desafios Pedagógicos. Conexões: revista da faculdade de Educação Física da UNICAMP, Campinas, v. 1, n. 2, p. 75-84, dez. 1999.

LOPES, T. S.; FERREIRA, D. M.; PEREIRA, A.; VEIGA, G. V.; MARINS, V. M. R. Assessment of anthropometric indexes of children and adolescents with Down syndrome. J Pediatr, Rio de Janeiro, v. 84, n. 4, p. 350-6, 2008.

MARQUES, A. C. Qualidade de vida de pessoas com síndrome de Down, maiores de 40 anos, no estado de Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de desportos programa de pós-graduação em educação física, Universidade federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000.

MARQUES, A. C.; NAHAS, M. V. Qualidade de vida de pessoas portadoras de Síndrome de Down, com mais de 40 anos, no Estado de Santa Catarina. Rev. bras. ciênc. mov, Brasília, DF, v. 11, n. 2, p. 55-61, 2003.

MODESTO, E. L.; GREGUOL, M. Influência do treinamento resistido em pessoas com síndrome de Down – uma revisão sistemática. Rev Bras Ativ Fis e Saúde, Pelotas, RS, v. 19, n. 2, p. 153-67, mar. 2014.

MUSTACCHI, Z. Curvas padrão pôndero-estatural de portadores de síndrome de Down: procedentes da região urbana da cidade de São Paulo. São Paulo: USP, 2002. 96 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Ciências Farmacológicas, Área de Análises Clínicas, Toxicologia e Bioquímica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

NAHAS, M. V.; BARROS, M. G. V.; ROSA, J. V. O estilo de vida das pessoas com síndrome de Down em Santa Catarina. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v. 4, n. 1, p. 13-9, 1999.

NORTON, K; WHITTINGHAM, N; CARTER, L; KERR, D; GORE, C; MARFELL-JONES, M. Técnicas de medição em antropometria. In: NORTON, K; OLDS, T (Org.). Antropometria. Porto Alegre: Artmed, 2005.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS). Obesity: preventing and managing the global epidemic. Geneva: WHO; 1998. Report of a WHO consultation on obesity in Geneva 3-5, 1997.

PAEZ, A. M.; DRIGO, G. S.; PIRES, F. K.; TOMITA, L. Y. Estado nutricional e prática de atividade física de pessoas com Síndrome de Down que frequentam escola especial na Grande São Paulo. J Health Sci Inst. v. 31, n. 4, p. 392-7, 2013.

PRADO, M. B.; FRANGELLA, V. S.; MESTRINHERI, L.; MUSTACCHI, Z. Acompanhamento nutricional de pacientes com Síndrome de Down atendidos em um consultório pediátrico. O Mundo da Saúde, São Paulo, v. 33, n. 3, p. 335-46, 2009.

ROSA, M. I.; SILVA, F. M. L.; GIROLDI, S. B.; ANTUNES, G. N.; WENDLAND, E. M. Prevalência e fatores associados à obesidade em mulheres usuárias de serviços de pronto-atendimento do Sistema Único de Saúde no sul do Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n .5, p. 2559-66, 2011.

SANTOS, J. A.; FRANCESCHINI, S. C. C.; PRIORE, S. E. Curvas de crescimento para crianças com Síndrome de Down. Rev Bras Nutr Clin, Porto Alegre, v. 21, n. 2, p. 144-8, 2006.

SANTOS, T. R. S.; SILVA, F. M.; DANTAS, R. A. E.; GOMES, S. A.; NASCIMENTO, M. G. B.; MOTA, M. R. Educação física escolar e obesidade em escolares portadores de Síndrome de Down. Universitas: Ciências da Saúde, Brasília, v. 8, n. 1, p. 63-78, 2010.

SERON, B. B.; MODESTO, E. L.; STANGANELLI, L. C. R.; CARVALHO, E. M. O.; GREGUOL, M. Efeitos do treinamento aeróbio e resistido na capacidade cardiorrespiratória de jovens com Síndrome de Down. Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. Santa Catarina, v.19, n.4, p.385-394, 2017.

SILVA, D. L.; SANTOS, J. A. R.; MARTINS, C. F. Avaliação da Composição Corporal em Adultos com Síndrome de Down. Arquivos de medicina, Porto, Portugal, v. 20, n. 4, p. 103-10, 2006.

SILVA, D. R.; FERREIRA, J. S. Intervenções na educação física em crianças com síndrome de Down. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, n. 12, v. 1, p. 69-76, 2001.

SILVA, N. M.; GOMES FILHO, A.; SILVA, S. F.; FERNANDES FILHO, J. Indicadores antropométricos de obesidade em portadores da síndrome de Down entre 15 e 44 anos. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte, São Paulo, v. 23, n. 4, p.415-24, out./dez. 2009.

SOUZA, A. C. N. M.; RODRIGUES, M. C.; FERREIRA, L. G. Excesso de peso e gordura corporal em portadores de síndrome de Down de uma instituição no município de Divinópolis – MG. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, João Pessoa, PB, v. 37, p. 31-9, 2013.

THEODORO, L. R.; BLASCOVI-ASSIS, S. M. Síndrome de Down: associação de fatores clínicos e alimentares em adolescentes com sobrepeso e obesidade. Psicol. teor. prat., São Paulo, v. 11 n. 1, p. 189-94, jun. 2009.

TOBO, A.; KHOURI, A. E.; MOURÃO, M. A.; TOBO, A.; KHOURI, M. E.; MOURÃO, M. A. Diagnóstico da instabilidade atlanto–axial na Síndrome de Down: revisão de literatura. Acta Fisiatr, São Paulo, v. 16, n. 3, p. 142-145, 2009.

VEDANA, E. H. B.; PERES, M. A.; NEVES, J.; ROCHA, G. C.; LONGO, G. Z. Prevalência de obesidade e fatores potencialmente causais em adultos em região do sul do Brasil. Arq Bras Endocrinol Metab, São Paulo, v. 52, n. 7, p. 1156-62, out. 2008.




DOI: https://doi.org/10.30612/hre.v7i13.9547

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.