A importância da resiliência na educação inclusiva

Mônica Lilian de Farias, Karolina Lima dos Santos Araújo, Ana Lúcia Galvão Leal Chaves

Resumo


Este trabalho teve por objetivo compreender como o conceito de resiliência é percebido por professores que atuam diretamente com alunos com necessidades educativas específicas, em relação à inclusão escolar. Dessa forma, inferimos a importância da temática da resiliência, considerada a capacidade das pessoas superarem as adversidades encontradas no caminho (ANTUNES, 2007; COSTA, 1995). Utilizamos, para apreciação dos dados coletados, a análise de conteúdo segundo Bardin (2004) e como procedimento metodológico, entrevistas semiestruturas com seis professores do Ensino Fundamental I que tivessem alunos com necessidades educativas específicas em sua sala de aula. Os resultados construídos retratam que ainda há grande desconhecimento por parte dos professores entrevistados a respeito do que seria resiliência. Notou-se, ainda, que a maioria desconhece as palavras que estão mais ligadas à resiliência e que apenas um dos participantes revelou ser de importância o exercício da resiliência para a educação inclusiva, o que confirma a necessidade de realizar formações específicas sobre o assunto. Portanto, de um modo geral, consideramos indispensável que os professores que atuam na educação de alunos com necessidades educativas específicas tenham um conhecimento sobre resiliência, desenvolvendo um trabalho mais direcionado a estes alunos, mostrando-lhes que a superação faz parte do processo de ensino e aprendizagem.

Palavras-chave


Resiliência. Educação Inclusiva. Professores.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Celso. Resiliência: A construção de uma nova pedagogia para uma escola pública de qualidade. 4. Ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

ARRUDA, L. B. C.; SILVA, J. M.; LEAL, A. L. A confiança através do olhar de Otto Friedrich Bollnow e a relação com a resiliência na formação de professores. In: Maria Goretti de Vasconcelos Silva; Carlos Alberto Santos de Almeida; Maria Izabel Gallão; Francisco Régis Vieira Alves. (Org.). Propostas inovadoras de ensino-aprendizagem no ensino de ciências e matemática. 1ed. Curitiba: CRV, 2018, v., p. 33-38.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Trad. Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro, Lisboa; Edições 70, 2004.

BRASIL. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Referenciais para a Formação de Professores. Brasília: SEF/ MEC, 1999.

CONDORELLI, A.; GUIMARÃES, C. F.; AZEVEDO, C. R. S. O papel do educador como tutor de resiliência à luz das ideias de Boris Cyrulnik. Revista Polyphonía, v. 21, p. 4 a 20, jun. 2010.

COSTA, Antonio. Carlos. Gomes da. Resiliência. Pedagogia da presença. São Paulo: Modus Faciend, 1995.

CYRULNIK, Boris. Falar de amor à beira do abismo. São Paulo: Martins Fontes pág. 174, 2006.

FAJARDO, Indinalva Nepomuceno. Resiliência e Educação: Exemplo das Escolas do Amanhã. Curitiba/PR, ed. Appris, 2015. Cap. 5.

LEAL Ana Lúcia. Resiliência e formação humana em professores do ensino fundamental I da rede pública municipal: em busca da integralidade. 2010. 251 f. Trabalho de conclusão de curso (Tese) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, Recife, 2010.

MELLO, Guiomar Namo de. Professores para a igualdade educacional na América Latina: qualidade e nenhum a menos. UNESCO, 2005, Revista Prelac. nº.1, p. 25 a 36, junho 2005.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Pesquisa Social: teoria, método e criatividade / Suely Ferreira Deslande; Romeu Gomes; Maria Cecília de Souza Minayo (organizadora). 33. Ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

RIECKEN, Claudia. Sobreviver: instinto de vencedor: os 12 pontos da resiliência e a personalidade dos sobreviventes. São Paulo: Saraiva, 2006.

SAMANIEGO, Jonathan Guilherme Silva; BOUFLEUR, Emne Mourad. Resiliência e educação: como o professor e sua metodologia podem desenvolver habilidades de enfrentamento às adversidades. Revista Magsul de Educação da Fronteira, v. 2, n. 1, p.221-250, Mar. 2017.

TAVARES, Jose. (Org.). Resiliência e Educação. São Paulo: Cortez, 2001.

VILETE, Liliane Maria Pereira. Resiliência a eventos traumáticos: conceito, operacionalização e estudo seccional. Disponível em: http://www.arca.fiocruz.br/handle/icict/2552. Acesso em 27 mai. 2017.

ZANATA, Camila; TREVISO, Vanessa. Cristina. Inclusão escolar: conquistas e desafios. Cadernos de Educação: Ensino e Sociedade, Bebedouro-SP, 3 (1): 15-30, 2016.




DOI: https://doi.org/10.30612/hre.v6i12.8470

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.