A ABORDAGEM PSICOPEDAGÓGICA NA INTERVENÇÃO DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL

Roberta Luiza da Silva Machado, Helena Brandão Viana, Evodite Gonçalves Amorim de Carvalho, Alexandro Landim

Resumo


O aluno com paralisia cerebral pode não emitir respostas a todos os conteúdos apresentados, mas com os estímulos necessários e uma intervenção psicopedagógica tem possibilidades de ampliar seu campo comunicativo e perceber suas potencialidades, recuperando dessa forma, os diferentes aspectos cognitivos, afetivo-emocional e de conteúdos acadêmico. Com objetivo de investigar o processo de ensino aprendizagem do aluno com paralisia cerebral foi realizada uma pesquisa qualitativa, na qual foi realizada uma avaliação psicopedagógica com 02 sessões de avaliação e 03 sessões de intervenção, na Escola referência em Educação Especial no município de Hortolândia no ano de 2014. Ficou evidenciado com o presente estudo a importância de uma psicopedagogia dinâmica e flexível, tendo o sujeito como ator, principal e único e que possui sua própria história devendo ser respeitada.

 

Palavras-chave: psicopedagogia, intervenção, paralisia cerebral.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.